Dirigente do PT diz que aliança com PSD em MG está “encaminhada”

0
42

O ex-vice-presidente nacional do PT Washington Quaquá, afirmou que o palanque de Lula ao lado do pré-candidato do PSD ao governo de Minas Gerais, Alexandre Kalil, está “encaminhado”. A aliança é considerada por petistas um passo importante para Lula ter o apoio do partido de Gilberto Kassab nacionalmente já no primeiro turno.

Lula de fevereiro no dia 24, na sede do Instituto Lula em São Paulo. Após a reunião, nem o prefeito de Belo Horizonte e nem o petista se manifestou, mas, segundo Quaquá, o encontro firmou a aliança do PT com o PSD em MG. O estado tem o segundo maior colégio eleitoral do país.

O palanque de Kalil também vinha sendo disputado por Ciro Gomes, pré-candidato ao Planalto pelo PDT.

Kalil disputará o governo do estado contra o atual governador mineiro, Romeu Zema, do partido Novo, e que deve ter o apoio de Jair Bolsonaro.

O PT também abriu mão de candidatura própria em favor do PSD na Bahiacom saída de Jaques Wagner da disputa pelo governo do estado, e apoio a Otto Alencar.

Enquanto isso, Kassab se movimenta para filiar e lançamento ao Planalto ou governador do Rio Grande do SulEduardo Leite, plano que, se levado adiante, sepultaria a aliança entre as siglas no primeiro turno.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e não Instagram para não perder nada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here