Avião da FAB levará para Polônia 11,6 toneladas de ajuda humanitária

0
36

A Força Aérea Brasileira (FAB) vai enviar, na segunda-feira (7/3), o KC-390 Millennium com a missão de os brasileiros que estão deixando um Ucrânia. A partirá carregada com 11,6 toneladas de ajuda humana para a Polônia.

A carga que será enviada é composta por alimentos, purificadores de água e medicamentos provenientes de doações.

Veja os itens:

– 50 mil litros de água, tecnologia de purificação e fabricação nacional (com capacidade combinada para purificação de cerca de 300 mil litros de água por dia);
– kits voltaicos com painel solar para abastecer o equipamento de energia de forma abastecer5;

– 10 de alimentos desidratados de alto teor nutricional (400 mil refeições);

– 5 kits de medicamentos para emergências médicas, oriundos dos estoques públicos administrados pelo Ministério da Saúde, sem abastecimento do abastecimento nacional.

0

O KC-390 partiu às 10h35, da Base Aérea de São Paulo (BASP), em Guarulhos (SP), neste domingo (6/3), e chegou à Base Aérea de Anápolis, Goiás,(BAAN) às 13h35h.

Conforme o cronograma da missão, a carga será realocada em outro KC-390, que irá para a Base Aérea de Brasília (BABR), na segunda-feira (7/3). De lá, a aeronave seguirá para Varsóvia, capital da Polônia, onde os cidadãos embarcar conforme as definições do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

A cidade é a que mais recebe, atualmente, brasileiros e estrangeiros que fugiram das cidades ucranianas desde o início dos ataques russos. O número já beneficiário, segundo a ONU, ultrapassa 1,5 milhão.

Dois reservados

Na última semana, o resgate do ministério da Defesa e das Relações Exteriores anunciou que dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) podem ser usados ​​no de brasileiros na Ucrânia.

Segundo o governo, duas aeronaves KC-390 Millennium estavam “de prontidão” para o eventual transporte de brasileiros que ativaria a Ucrânia em razão da guerra.

O espaço aéreo ucraniano está fechado. Cerca de 500 brasileiros vivem no país.

De acordo com FAB, aviões do mesmo modelo foram empregados para transportes para vítimas da explosão em Beirute, no apoio, em 2020, Líbano e antes das vítimas do terremoto do ano passado no Haiti.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here