5 tecnologias de tecnologias de moda | Eletrônicos

0
44

É natural que alguns produtos se tornem obsoletos com o tempo. É o caso dos disquetes e dos walkmans. Disso, hoje é possível observar apesar de algumas tecnologias que se apoderaram a uma volta desuso e que começaram a se popularizar novamente, como computadores (e, futuramenteaté mesmo notebooks) coloridos, por exemplo.

Para o público atual, muitos desses produtos estão sendo adaptados e modernizados, mas ainda assim com as características originais. O público, por sua vez, abraçou a ideia de várias dessas tendências que entram no mercado com pegada nostálgica, como é possível ver nas linhas a seguir.

5 tecnologias de busca de soluções à moda — Foto de Juan Moya (por Juan Moya)

Nota de transparência: Shoptime e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer e a disponibilidade dos produtos estão disponíveis aos estoques.

Fitas cassete em 196 Foto: Divulgação/TDK

As famosas cassetes formaram um sumário do mercado nos anos de 1990 e que foram substituídas pelos CDs consequentemente — para espaço para mídias digitais. Recentemente, o mercado fonográfico observou um aumento brusco na procura de fitas cassete, principalmente entre jovens adolescentes.

Só no Reino Unido, como vendas por esse tipo de produto mais de 103% no ano de 2020 — segundo o Official Charts, que é o órgão que representa as marcas na Grã-Bretanha. No mesmo ano, o reprodutor de fita cassete da marca Ion ficou em 31° lugar na Amazonas Brasil como produto mais vendido na categoria “rádio e sistema de som portátil”.

Billie Eilish é uma das cantoras jovens que vendem versões em fita dos álbuns — Foto: Reprodução/Universal Music Store

Além disso, diversos artistas musicais que têm público fabricados a vender versões especiais em cassete. Um exemplo é o álbum “Zeros” do britânico Declan McKenna. Nem a cantora Billie Eilish escapou: o álbum “Happier Than Ever”, sucesso em serviços de streaming, também ganhou versão em fita cassete.

2. Câmeras instantâneas

Câmeras Polaroid feitas nos sucessos anos 1990 — Foto: Isadora Díaz/TechTudo

Como câmeras instantâneas do tipo Polaroid fizeram sucesso nos anos 1990, mas logo em desuso por conta da digitalização das fotografias — principalmente pelos smartphones. No entanto, a tecnologia volta a ser tendência, inclusive entre adolescentes — que não tiveram contato com a primeira onda da tecnologia.

Uma vez que a sociedade viu câmeras do tipo foi em 1940. O diferencial desse tipo de produto é o fato de que o usuário pode ter a fotografia imediatamente após o clique, já que o primeiro físico as imagens são reveladas em papel fotográfico pelo próprio equipamento. A moda é tamanha que existem até aplicativos para smartphone como o Huji Cam, que simulam o efeito de tirar uma foto instantânea.

Game Boy era um videogame portátil que garante a diversão de crianças e adolescentes — Foto: Divulgação/Nintendo

Os videogames clássicos portáteis marcaram a infância de muita gente. Um dos mais populares foi o Game Boyda Nintendo, lançado há mais de 30 anos e que virou a paixão de muita gente. Apesar da ascensão dos jogos para computador e consoles de mesa, os videogames portáteis que rodam jogos antigos de gráficos simples como Tetris a ser atrativos para boa parte do público que quer sentir o gosto da nostalgia dos anos 1990.

Nintendo Switch é um videogame portátil dos tempos atuais — Foto: Divulgação/Nintendo

Nem só de jogos indie esse mercado é feito. Os videogames portáteis que suportam diversos jogos gráficos superiores estão sendo lançados. Em 2021, por exemplo, lançou o lançamento do Nintendo Switch OLED e do novo Válvula de convés de vapor. Os também não são mentiras: o Switch vendeu mais de 103 milhões de unidades até o dia 31 de dezembro de 2021de acordo com a Nintendo. O número é maior do que as marcas conquistadas pelo PS1 da Sony.

4. Computadores coloridos

iMac G3 veio em várias opções de núcleos — Foto: Divulgação/APPLE

Em 1999, um maçã lança a linha Lifesaver do iMac G3. O destaque ficou por conta da presença de cinco cores bastante vibrantes: azul, roxo, laranja, verde e rosa. O modelo teve boas vendas e marcou presença até em filmes nos Estados Unidos. Desde então, poucas marcas se atreveram a lançar desktops tão chamativos ea indústria ficou em parada no clássico preto, cinza e branco.

iMac 2021 com chip M1 — Foto: Divulgação/Apple

No começo de 2021, um maçã ressuscitar os velhos tempos e atualizar a linha de iMac com chip M1 com sete opções de cores: verde, amarelo, laranja, rosa, roxo, amarelo e prata. Diferente fazer iMac original, o novo computador de mesa da gigante de Cupertino tem design minimalista bem fino, com apenas 1,15 cm de espessura. De acordo com rumoresa linha deve receber também notebooks coloridos ainda em 2022.

5. Câmeras descartáveis

Câmera descartável à prova d’água da Kodak — Foto: Reprodução/Amazon

Como câmeras descartáveis ​​de plástico fizeram muito sucesso nos anos 1990 e estão de volta ao mercado, com design variado. Os preços no Brasil são salgados e não são muito fáceis de encontrar no país, mas nos Estados Unidos, os modelos são vendidos por preços que partem dos US$ 9 (cerca de R$ 45, em conversão direta e sem impostos) para câmeras que capturam até 27 fotos.

A justificativa em torno da alta procura pelos aparelhos fotográficos está relacionada às características estéticas desse tipo de fotografia, que fica com visual granulado. Até mesmo detalhes que incomodavam no passado, como os borrões gerados pela queima do filme, começaram a ser vistos com bons olhos. Além disso, existem ainda opções de câmeras descartáveis ​​à prova d’água — como é o caso da Kodak Esporte.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here