Samsung suspende venda de celulares e chips para a Rússia

0
75

A empresa de tecnologia sul coreana Samsung anunciou uma suspensão de atividades na Rússia. Em meio à invasão do território ucraniano, que já dura dias, telefones ou chips da não serão mais comercializados no país.

Companhias como Apple e Microsoft também se manifestam de forma semelhante, restringindo a venda de produtos no território russo. A Samsung alertou ativamente a situação enviada à Bloomberg.

A gigante da tecnologia anunciou doações de seis milhões de dólares pelos ajuda humanitária nas soluções de conflitos. “Nossos pensamentos estão com todos que foram impactados e nossa prioridade é garantir a segurança de nossos funcionários e suas famílias de todos os nossos funcionários e suas famílias”, destacou a empresa, em pronunciamento.

Em meio aos bombardeios e ataques à Ucrâniao governador de Vladimir Putin encontrou cada vez mais várias, vindas dos Estados Unidos e da União Europeia, além do Reino Unido.

Nessa quinta-feira (3/3), o presidente dos EUA Joe Biden, se reuniu com o alto escalão do governo norte-americano para o controle o que pode ser feito para pressão ainda mais o presidente russo. Além de americanos, os estrangeiros de origem russa e os países de origem russa.

A nova rodada de punições atinge 50 oligarcas russos, que tiveram bens congelados, por exemplo. O presidente novas anunciou também o bilionário Aliher Burhanovich Usmanov e ao porta-voz Putin, Dmitry Peskov.

Nono dia de guerra

Após bloquear o acesso ao Facebookagência reguladora de mídia da Rússia, Roskomnadzor, país informado o acesso ao Twitter no Segundo a agência de notícias estatal russa RIA Novostio bloqueio ocorreu “devido à disseminação de informações sobre uma operação militar especial na Ucrânia no início de março”, como os russos tratam eufemisticamente a invasão da Ucrânia.

Pressionado pelo ataque à usina nuclear e pelos mais recentes bombardeios russoso presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, fez um novo pronunciamento, no qual condenou as investidas. Ele alertou. “Se a Ucrânia cair, a Europa também cai”.

Megacomboio

Os ataques não param. Um megacomboio russo de tanques e tropas se movimentou em direção a Kiev. Na prática, as tropas lideradas por Putin querem cercar a capital e executar ataques simultâneos, ou seja, a reação à ucraniana.

Sob o risco de ataques, cidades do sul do país acionaram sirenes de alerta contra bombas. Algumas províncias combatem a falta de abastecimento, abastecimento de água e energia de comida e remédios.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here