ataque russo incendeia casas em Chernihiv, diz TV ucraniana

0
41

Uma rede de TV ucraniana3 nesta sexta-feira (4/ após fogo) imagens de casas pegando fogo acusar a Rússia de atacar uma área residencial, no norte do país. A cidade não foi incluída no acordo de cessação parcial definida neste sábado (5/3).

Nas imagens divulgadas pela imprensa local, é possível ver uma moradora que aponta para as casas em chamas. Chernihiv é um dos alvos das tropas russas desde a invasão da Ucrânia. Ao menos 33 pessoas já foram mortas na região e uma refinaria de petróleo na região foi bombardeada.

Além de Kiev, capital ucraniana e coração do governo, Chemihiv, Ivankiv, Zhytomyr, Lviv, Chemowitz, Kherson, Odessa, Mykolaiv, Kamianske, Dnipro, Kharkiv, Mariupol, Belgorod, Boryspil e Chernobyl estão sob a mira dos russos.

Rússia x Ucrânia: entendimento entre países que já foram uma nação

0

Acordo de cessar-fogo

UMA Rússia declarado cessar-fogo parcial no começo deste sábado, no 10º dia da invasão da Ucrânia. De acordo com o Ministério da Defesa Russo, os ataques irão possibilitar os corredores humanitários, que permitirão a fuga da população civil ucraniana.

As tropas russas entrarão em “modo silencioso”, e a primeira região com liberação será a cidade portuária Mariupol, que já se encontra os sem água, luz e comida para moradores. Volnovakha também terá uma trégua no mesmo horário.

“Hoje, 5 de março, a partir das 10h, horário de Moscou, o lado declarado regime de silêncio e abre corredores humanos russos para a saída de civis de Mariupol e Volnovakha”, informou o órgão.

A medida foi negociada entre os dois países nas últimas reuniões de mediação do conflito, no Conselho da ONU. Os moradores terão cinco horas para deixar as cidades, segundo a RIA, agência russa de notícias.

Mais de 1,2 milhão de ucranianos abandonam o país desde o início dos ataques, em 24 de fevereiro. A maior parte se abriga na Polônia, que já recebeu mais de 650 mil refugiados, de acordo com a Agência da ONU para Refugiados (Acnur).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here