Por que somos a espécie mais perigosa da história?

0
62

Não é novidade que as atividades estão sendo destruidoras da natureza e uma verdadeira destruidora na extinção de espécies da flora e da fauna. Por causa disso, pudemos ser considerados a espécie mais perigosa do mundo!

Visando a essas ações, alguns líderes internacionais prometem realizar diversas ações para solucionar o problema. Mas será que elas vão ser o suficiente?

O que é biodiversidade e qual a importância para o mundo?

Foto: Conhecimento Científico

A biodiversidade é a de seres vivos na biodiversidade e os ecossistemas aos quais eles pertencem, que fornecem outros organismos, alimentos e vários outros organismos.

Recentes relatórios e estudos alertam sobre o estado atual em que a natureza se encontra. Confira o gráfico abaixo:

Foto: BBC

“Não temos tempo para esperar. A perda da biodiversidade, a perda da natureza, em um nível sem precedentes na história da humanidade”, explica a secretária-executiva da Convenção sobre Diversidade Biológica, da ONU, Elizabeth Mrema. “Somos a espécie mais perigosa da história mundial”, acrescenta.

Os humanos estão matando a caça de várias outras espécies, pesca predatória, assim como pela derrubada de florestas.

Afirma que o humano é aquele inteiramente responsável pela série de várias espécies de modelos nas últimas décadas, de acordo com o estudo especializado Science Advances, publicado em 2020.

É importante ressaltar que como descobrimos que são outras 550 espécies de hoje perdidas, se não mudarmos as atuais.

Foto: BBC

Como podemos evitar o caminho da destruição?

Foto: Reprodução

Para conseguirmos abandonar o modelo devastador que adotamos, será preciso fazer mudanças.

Na Cúpula da ONU reconstrução sobre a biodiversidade, realizada em 30 de setembro de 2020, o secretário-geral da entidade, Antonio Guterres, afirmou que “a humanidade está travando uma guerra contra a natureza e precisamos essa relação”.

Foto: BBC

Como as grandes líderes intelectuais planejam mudar o futuro?

Foto: Reprodução

Estão a ser solicitados alterações a um acordo que represente para a biodiversidade o que o acordo climático de Paris foi para os países climáticos.

Esse acordo se enquadraria na chamada sobre Diversidade Biológica (CDB). Além disso, esse tratado internacional foi formado na chamada “Cúpula da Terra”, realizado no Brasil em 1992.

Foto: BBC

Este acordo possui três principais objetivos: a conservação da diversidade biológica; a utilização sustentável de seus componentes; e por fim a repartição justa e equitativa dos benefícios resultados da utilização dos recursos genéticos.

Os países tinham até 20 anos para atingir as metas que foram até uma década atrás. Entre os objetivos estão limitados a conter a proteção até diminuir a desde, assim como preservar as florestas.

Com alguns avanços, nenhum dos objetivos foi mesmo nenhum.

Isso, os líderes políticos foram chamados para salvar a vida selvagem e um novo pacto para salvar a biodiversidade do planeta através de um plano que prioriza a vida selvagem e o clima.

De acordo com a científica, ainda não é tarde para comunidade destruição da natureza. No entanto, é preciso e cumprimento das metas.

Fonte: BBC

Esse conteúdo Por que somos a espécie mais perigosa da história? foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here