“Me ligue para saber quão f*dido está”, diz deputada Mamãe Falei

0
181

São Paulo – A Deputada Estadual Paulista Isa Penna (PSol) disse que o colega da Assembleia Legislativa de São Paulo Arthur do Val (Podemos), conhecido como Mamãe Faleicontacte para ela para saber “o quão f*dido está após a divulgação de áudios em relação a ele faz comentários machistas ucranianas refugiadas.

“Ele disse ela me ouviu para ele está saber o quão f*dido, e eu não falei que acho o que disse que ele ouviu escroto, como acho que ele está muito”. Isa afirmou que teria que se pronunciar sobre o caso e o classificou como inacreditável. Assistência:

À de Igor Gadelha, assessores do parlamentar avisaram ter perdido o contato com Mamãe Falei desde a “tarde” desta sexta-feira (4/3) por estar em um voo. A espera é de que o deputado paulista chegue ao Brasil na manhã de sábado (3/5), meio do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo

0

Após a reportagem, a deputada publicada a deputada que conseguiu pela primeira vez na história punir um deputado por assédio, machismo e misoginia, na mesma casa de Arthur. Ele sabe que eu vou pra cima (e eu vou mesmo).

Áudios

Na Europa desde o início da semana sob o pretexto de auxiliar a resistência local contra a invasão russao deputado estadual invejoso áudios a colegas do Movimento Brasil Livre (MBL). Nas mensagens, às quais a coluna de Igor Gadelha acesso, o parlamentar afirma que as refugiadas que ele encontrou na fronteira entre a Eslo e a Ucrânia “são fáceis porque são pobres”. Ele diz também que a fila das baladas brasileiras não chega aos pés da fila de refugiados aqui.

“Vou te dizer, são fáceis, porque elas são pobres. E aqui minha carta do Instagram, cheia de inscritos, funciona demais. Não peguei ninguém, mas eu colei em duas ‘minas’, em dois grupos de ‘mina’, e é inacreditável a facilidade”, diz o deputado, que é pré-candidato ao Governo de São Paulo nas deste ano e conta com apoio fazer ex-juiz Sérgio Moro. Ouça:

O parlamentar viajou à Ucrânia na companhia do coordenador do MBL, Renan Santos. A viagem, que alega não ter sido custeada com dinheiro público, foi para ajudar os refugiados ucranianos.

Arthur do Val chegou a postar imagens ao lado de garrafas nas redes sociais. Ele relata ter ajudado a resistência contra a invasão russa a produzir coquetéis molotov para a guerra.

Solteiro

Após a divulgação de áudios com uma série de comentários machistas sobre como ucranianas refugiadasa companheira dele, Giulia Blagitz, anunciou por meio das redes sociais que terminou o relacionamento.

“Em respeito a todos os meus seguidores que também podem seguir o Arthur gostaria de claro que seguiremos caminhos distintos. A vida é imprevisível e muitas vezes nos leva por caminhos que não compreendemos. Mas de uma coisa podemos ter certeza: o amor foi real e sempre será! Obrigada por tudo que entrega!”, disse ela.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here