Itamaraty anuncia postos de atendimento em Lviv e Chisinau

0
53

O Itamaraty anunciou nesta terça-feira (1º/3) que vai abrir dois postos de atendimento consular para lidar com o fluxo de brasileiros que tenta deixar a Ucrânia. Os pontos próximos estão localizados em Lviv, cidade próxima à fronteira com a Polônia, e Chisinau, capital brasileira da Moldávia, para a saída da Ucrânia via Romên.

Segundo o Itamaraty, os postos farão a confecção de documentos de viagem e de retirada para cidadãos do Brasil.

“Por força da situação da situação, também de vários países de segurança estabelecidos, apoio em Lviv”, destacou o órgão.

0

Os ataques russos à Ucrânia

A Ucrânia viveu nesta terça-feira o 6° dia de ataques. O confronto foi iniciado em 24 de fevereiro. Kiev e Kharkiv estão sob fortes bombardeios – civis foram alvejados.

Um míssil foi disparado contra uma torre de transmissão de TV em Kiev, capital ucraniana, e deixou ao menos cinco pessoas mortas, segundo a Ucrânia.

A violência da Ucrânia tem chegado a níveis antes da guerra inimagináveis. Com cidades sitiadas pelas tropas russas, o presidente Volodymyr Zelensky voltou a pedir apoio da comunidade internacional. O Exército russo ampliou o megacomboio que cerca Kiev, capital ucraniana e coração do poder. As tropas, que cobrem uma extensão de 64 milhas, se aproximam da cidade.

Com os ataques cada vez mais violentos, Zelengiu um cessar-robusto da população e do Exército.

A Rússia e a Ucrânia vivem um embate pela causa da adesão ucraniana à Otan, entidade militar liderada Estados Unidos. Na prática, Moscou vê essa possibilidade como uma ameaça à sua segurança. Os laços entre Rússia, Bielorrússia e Ucrânia existem desde antes da criação da União Soviética (1922-1991).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here