Zelensky diz que, sem cessar-fogo imediato, terá guerra “larga escala”

0
46

Com o país sendo alvo de ataques cada vez mais violentas, o presidente da UcrâniaVolodymyr Zelensky, exigiu um cessar-fogo para abrir uma nova rodada de medidas com a Rússia. Segundo ele, se os bombardeios continuarem no mesmo ritmo, a guerra ganhará “larga escala”.

No início da noite desta terça-feira (1º/3), em pronunciamento gravado, Zelensky pediu mais colaboração militar internacional e alertas sobre o tempo a Ucrânia consegue resistir. “Pode ser que uma hora a gente não consiga em pé contra a Rússia ficar”, mais.

Apesar da ponderação, ele pediu que os militares mantenham o esforço. “Estamos defendendo o que é nosso. Não temos escolha. Não temos opção. Eles são mais fortes, mais poderosos, mas temos que nos defender”, frisou.

Zelensky condicionou uma nova rodada de negociação a um cessar-fogo de imediato. “Os bombardeios precisam parar. necessário de um cessar-fogo completo para sentar à mesa”, declara.

O presidente ainda fez alertas de novos ataques. “Recebemos informações da nossa inteligência, mas temos que, de fato, ver o que eles estão fazendo. Já fiz pedidos para o mundo nos ajudar”, disse.

No início da tarde desta terça-feira, o Exército russo bombardeou uma torre de transmissão de TV em Kievcapital ucraniana.

A investida é uma tentativa de impedir a circulação de informações o conflito e retardador a reação sobre militar da Ucrânia. Canais de TV saíram do ar.

O Ministério do Interior ucraniano informou que as equipes foram enviadas ao local, que fica próximo a uma área habitada, para averiguar os danos. Pelo menos cinco pessoasmas ainda não se sabe quantos feridos.

Assista aos vídeos do momento do ataque:

Antes desta investida, o exército russo alertou que fez ataques a órgãos de serviço de segurança Kiev. Trata-se de mais uma tentativa do presidente russo, Vladimir Putin, de tomar o controle do poder.

Está indo de comboio de tanques a Kiev. Juntos, os veículos de guerra se estendem por 64 milhas. Na segunda-feira (28/2), a fila era de 27 milhas. Os cegos estão a 30 milhas do centro da capital ucraniana.

Nesta terça-feira, duas afirmações de notícias russas, Tas e RIA afirmam que o país vai atacar de forma mais incisiva. Na madrugada, um prédio do governo foi alvejado em Kharkiv, segunda maior cidade ucraniana.

O objetivo, segundo o governo, é evitar “ataques de informação”. As mesmas agências comunicaram que os militares russos pediram aos civis ucranianos que comunicaram os próximos serviços de operações especiais.

Veja imagens do prédio do governo destruído em Kharkiv:

0

UMA Ucrânia vive o sexta dia de ataques. Kiev e Kharkiv estão sob fortes bombardeios – civis foram alvejados.

Tropas russas e forças separatistas no leste da Defesa da Ucrânia Rüssú se unirá na zona litorânea do Exército russo, Igor Konashenkov.

Forças do território separatista de Donetsk “se somaram às militares das Forças Armadas da Federação Russa, que assumiram o controle das zonas ucranianas ao longo do Mar de Azov”, informou um comunicado russo.

Mapa regiões atacadas Ucrânia
Mapa ilustra os locais em que o país foi atacado

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here