Membros da AIE concordam em liberar 60 milhões de barris após a invasão da Ucrânia – Money Times

0
56

Petrobras Plataformas de Petróleo
Os preços do petróleo têm aumentado à medida que alguns compradores têm barris aliados do petróleo e evitados, seguidos contra a Moscou (Imagem Reuters/Pilar Olivares)

Os Estados membros da Agência Internacional de Energia (AIE) concordaram nesta terça-feira em liberar 60 milhões de barris de reservas de petróleodisse o ministro da Indústria do Japão, conforme os EUA e seus aliados tentam conter o preço do combustível após a invasão da Rússia uma Ucrânia.

Metade volume virá dos EUA, disse Koichi Hagiuda a repórteres, após uma reunião ministerial extraordinária dos 31 membros da agência, que representa principalmente nações industrializadas.

“Concordamos AIE como um todo fará uma entrega a uma barra coordenada de 60 milhões no total”, afirmou Hagiuda Repórteres.

O mercado de petróleo não se abalou com a notícia, com o petróleo Brent LCoc1 subindo para 106 dólares ou barril – valor mais alto desde 2014.

Os preços todos os preços devem ser evitados, mas todos os preços devem ser evitados, mas todos os preços devem ser evitados.

Problemas na Rússia, dos maiores produtores de petróleo do mundo, um maior produtor de petróleo do mundo entre 4 e 5 pode ser ainda maior.

A secretária de Energia dos EUA, Jennifer Granholm, presidiu a reunião da AIE, que já coordenou três liberações de estoque de petróleo no passado.

Fundada como órgão fiscalizador da energia com sede em Paris como um de seus principais papéis a ajudar a “coordenar e coordenar a tarefa não define uma resposta de grupo”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here