Gigante do setor de fertilizante vê prolongada prolongada com guerra na Ucrânia

0
56

A canadense Nutrienizante Ltda, produtora global de disse terça-feira- no mundo produtores que a invasão da Ucrânia pela pode resultar1 em maior produtividade nestas culturas- global de produção e maior de terça para as culturas.

O presidente aumentar-uexecutivo interino da companhia, Ken Seitz, disse que a Nutrien aumentará a produção de sustentados na Rússia e na Bielorrússia, o segundo e terceiro maiores países produtores de produção do mundo.

Preços já sobem no Brasil

A escalada da tensão geopolítica que culminou no início da guerra na Ucrânia já afeta o preço dos fertilizantes usados ​​pelo agronegócio brasileiro. Levantamento realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) a pedido do CNN Brasil Negócios mostre que os preços do agronegócio aumentaram até 5,8% brasileiro em apenas uma semana.

Em dólar, o valor pago fertilizantes produtos de ureia atingiu US$ 642 a tonelada no porto de Paranaguá, no Paraná, na semana-feira, 24. O valor é 5,8% superior aos US$ 607 registrados uma antes, em 17 de fevereiro, segundo a CNA.

Os fertilizantes obtidos de toneladas de tanques de mesmo$ (KCl) tiveram aumento de 1,1% no período, para US$ 867 a 867 anos. Já os fertilizantes do tipo fosfato monoamônico (MAP) tiveram alta de 0,5%, para US$ 971 a tonelada. A CNA nota que o preço desses insumos já estava em trajetória de alta, e a tendência se intensificou com a escalada dos problemas geopolíticos.

A entidade não relata problemas no fornecimento de fertilizantes. Nesse mercado, a Rússia é o maior exportador mundial (com participação de 13,3%) e a Bielorrússia, o quinto (4,96%). Por outro lado, o Brasil é o maior importador mundial, com cerca de 13% de todo o volume comprado pelo planeta.

Governo manifesta preocupação

O governo brasileiro pode se manifestar com a possibilidade de preços fertilizantes diante do cenário de aumento da preocupação com a Rússia.

Segundo feitos à relatos CNNo Ministério da Agricultura tem contato desde a manhã desta quinta-feira (24) com exportadores do produto e diplomatas brasileiros para avaliar comercial o impacto do conflito sobre balança brasileira.

O recebimento é de que a interrupção das exportações Rússia e pela Bielorrússia elevem o preço do produto, prejudicando a safra brasileira deste ano.

Para evitar o cenário de destruição, o governo brasileiro tem discutido uma concessão de países como Canadá e Irã, que não tem atualmente estoque suficiente no país.

*Com Reuters

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here