Cuba acusa a Otan de agir com “hipocrisia” – Money Times

0
47

Ainda na avaliação do embaixador cubano, os Estados Unidos tratam milhões de habitantes dos países invadidos como “efeito colateral” (Imagem: Reuters/Valentyn Ogirenko)

Na contramão de outros países, o discurso de Cubaneste segundo dia de sessão extraordinária da Assembleia Geral da ONUfoi marcado por críticas à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e aos Estados Unidos. Nenhum grupo de poucos aliados da RússiaCuba condenou como motivado ao país chefia por Vladimir Putin e acusou a Otan de agir com “hipocrisia” na guerra com a guerra Ucrânia.

“Cuba rejeita essa hipocrisia e esse duplo padrão na postura da Otan. Em 1999, uma agressão à Iugoslávia e os países da Europa não evitaram a grande perda de razões por razões geopolíticas. disse o embaixador cubano, Pedro Luís Pedroso Cuesta.

Ainda na avaliação do cubano, os Estados Unidos tratam milhões de habitantes dos países do norte invadidos como “efeito colateral” e acusou o governo-americano de realizar “guerras de pilhagem e saques”.

Ponto destacado por Pedro Cuesta Outro foi a minuta de resolução defendida na ONU pelas potências ocidentais em relação à situação da Ucrânia. Segundo ele, o texto, vetado pela Rússia no Conselho de Segurança nos últimos dias, não foi feito para trazer soluções. O embaixador cubano que o documento sofre dos mesmos e da falta de equilíbrio. “Não leva em conta a soberania de todas as partes, nem reconhece a responsabilidade que perpetraram ações ativamente que aumentam a escala desse conflito”, criticou.

O representante de Cuba encerrou a fala destacando que o país defende a solução diplomática do conflito: “Nós queremos uma, e não guerra. Essa é uma forma única de resolver esse conflito. Cuba vai continuar diplomático, que seja defendido a solução, construtiva e realista”, garantiu.

Hungria

Hoje a embaixadora da Hungria na ONU, Zsuzsanna Horváth, condenou a invasão russa ao ucraniano e o território que receberá os refugiados ucranianos. “Em resposta a crise humanitária, a Hungria está pronta para os refugiados”. Zsuzs entradanossa disse que muitos países pedem “nossa ajuda” e, com isso, estão um corredor humanitário para os vistos mais próximos que estão fugindo da Ucrânia e não têm.

Ainda sobre a atuação da Hungria, que é membro da Otan e vizinha da Ucrânia, a embaixadora disse que o país deve colocar os refugiados em aeroportos mais próximos para realizarem viagens a outros países.

Histórico

O objetivo da sessão é “O que os 193 membros se posicionam” sobre a guerra que e diu devido à invasão russa à Ucrânia e sobre “a da Carta das Nações Unidas”. A votação deve acontecer amanhã (2), após discursos de todos os países membros inscritos.

O encontro extraordinário da ONU em caráter emergencial é raríssimo. Desde a fundação do grupo, em 1945, foram somente 11. Esta é a primeira vez desde 1982 que o Conselho de Segurança pede uma sessão da Assembleia Geral. O pedido ocorreu depois que a Rússia toou na sexta-27 da ONU, a Resolução do Conselho de Segurança que teria condenado a invasão a Ucrânia.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here