Argentina assinará acordo com o presidente do FMI ao Congresso esta semana, diz – Times

0
46

Fernández que precisa o Congresso aprove os detalhes do acordo, com a pressão à medida que se aproxima o prazo de meados de março para pagamentos de 2,8 bilhões de dólares ao FMI (Imagem: Gabriel Bouys/Pool via Reuters)

O governo argentino enviará esta semana o acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI) para aprovação do Congresso, disse o presidente Alberto Fernández nesta terça-feira.

O país chegou a um entendimento com o FMI no fim de janeiro em um novo acordo para ajudar a reduzir os 40 bilhões de dólares que o país deve e não consegue pagar. Aquele acordo ainda precisa ser confirmado antes de receber final.

Em fala na semana das sessões legislativas ordinárias, Fer, a partir desta semana, a abertura das sessões parlamentares do acordo que selecionou nas mãos da equipe do Fundo Monetário Internacional.

Fernández precisa que o Congresso aprove os detalhes do acordo, com a pressão crescente à medida em que se aproxima o prazo de meados de março para pagamentos de 2,8 bilhões de dólares ao FMI.

O acordo também seja aprovado pelo conselho do FMI

Em janeiro o governo argentino anunciou que havia chegado a um entendimento com a FMI para substituir um trabalho de 57 bilhões de anos em 2018. A líder do FMI, Kristalina Georgieva, disse na ocasião que ainda havia muito trabalho a ser feito.

Fernández também anunciou a extensão de uma linha de swap cambial com a China para alavancar as reservas do banco central argentino.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here