Troca de Luciano por Everton foi um dos piores negócios da história do Grêmio

0
53

[ad_1]

Em agosto de 2020 a direção do Grêmio fez um dos piores negócios da história. O presidente Romildo Bolzan assinou a troca entre Luciano e Everton Cardoso. Por mais que o atacante tenha jogado mal em Porto Alegre, o meia teve um desempenho bem abaixo dele.

Luciano jogava pelo Fluminense, onde já tinha marcado 15 gols em 31 jogos, na temporada 2019, quando acertou com o Grêmio. Pelo tricolor gaúcho foram oito gols e três assistências, desde a sua chegada até a saída. De fato, não conseguiu virar referência no time.

O problema é que pelo São Paulo foi artilheiro do Brasileirão 2020 e por pouco não levou o time do Morumbi ao título nacional, vencido pelo Flamengo. Foram 21 gols e sete passes, em 38 jogos. No ano passado, jogou 39 vezes, com 10 gols e duas assistências.

Enquanto isso, Everton Cardoso fez 33 jogos pelo Grêmio, com dois gols marcados e duas assistências apenas. Ainda tem contrato até o fim deste ano e boa parte dos R$ 500 mil mensais de salário são bancados pelo time gaúcho. Está emprestado ao Cuiabá, onde vem jogando bem.

Luciano por Everton foi uma furada

O meia Everton Cardoso foi um pedido do técnico Renato Portaluppi, um dos tantos que acabou dando errado. Luciano também havia chegado ao clube com o aval do comandante. Mas, demorou para ganhar espaço.

Luciano foi um dos tantos atacantes tentados por Renato e que acabaram não caindo nas graças da torcida. Porém, vê-lo jogando bem pelo São Paulo e Everton custando uma fortuna mensal, foi péssimo.



[ad_2]

Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here