Petróleo sobe de 4%, com escalada de na Ucrânia e mais à Rússia

0
40

O petróleo terminou a sessão desta-feira 28, com segunda alta de mais de 4%, com a escalada das novas Ucrânia e o anunciando novas contra a Rússia. Além de governos, empresas também anunciaram ao país.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do petróleo WTI com entrega prevista para abril fechado em alta de 4,51% (US$ 4,13), a US$ 95,7 o barril, enquanto o Brent avançou ,09% (US$ 3,85), a US$ 97,97, na Intercontinental Exchange (ICE).

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos firmou um conjunto de Ministério dos Estados Unidos que estudam o país no novo país da Rússia, o Fundo de Finanças do país Riqueza e o das Finanças do país. Além disso, Canadá, Japão e Reino Unido também anunciaram novas Suíças. Já o Banco Central da Rússia decidiu hoje elevar sua taxa básica de juros de 9,5% a 20%.

De acordo com o muito, com as nações ocidentais se aproximando, os preços das commodities continuam avançando claro que os preços das commodities estão subindo. Para o Rabobank, o presidente russo, Vladimir Putin, pode interromper como exportações de petróleo e gás do país de retaliação.

Diante da crise, os Estados Unidos e outras grandes nações consumidores de petróleo estão considerando liberar 70 milhões de barreiras de petróleo de seus estoques de emergência, segundo autoridades europeias e do Golfo Périco. Alto Representante da União Europeia (UE), Josep Borrell afirmou hoje que o bloco precisa reduzir sua independência em petróleo e gás da Rússia.

Para a Capital Economic, o recente nos preços do petróleo representa um risco significativo de salto para a previsão de inflação e taxas de alta de juros para este ano. “Os bancos centrais ‘observam’ um salto pontual no nível de preços e tentam amortecer o golpes nas rendas reais mantendo as taxas de juros baixas. Com a inflação já acima da meta em metade dos países que cobrimos, os riscos tenderão a um mais cedo”, Mas destacou, em relatório enviado a clientes.

Medidas que estimulam a economia russa também precisam do setor empresarial. O conselho da multinacional britânica britânica anunciou que irá se desfazer da sua participação na petrolífera estatal russa Rosneft. Já a empresa norueguesa de energia a Equinor decidiu novos investimentos na Rússia e iniciar o processo de saída de suas joint ventures russas. A Shell também anunciou que pretende sair de suas joint ventures com a Gazprom e entidades relacionadas, e que também encerrará seu envolvimento no projeto de gasoduto Nord Stream 2.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here