Netflix não adicionará canais estatais ao serviço russo, desafiando uma regularização

0
34

UMA Netflix disse nesta segunda-feira (28) que, nas atuais circunstâncias, não há planos de adicionar canais estatais ao serviço russo, apesar de um regulamento que exige que o serviço distribuísse os canais apoiados pelo Estado.

“Dada a situação atual, não temos planos de divulgar esses canais ao nosso serviço”, disse um porta-voz da Netflix em comunicado, referindo-se à invasão da Ucrânia pela Rússia.

O Politico informou pela primeira vez que a Netflix, que lançou seu serviço na Rússia de outubro de 2020, se enquadraria nos novos regulamentos russos que exigem conformidade em 1º de março.

Os regulamentos, supervisionados pelo regulador de comunicações da Rússia, Roskomnadzor, exigem que serviços audiovisuais mais de 100.000 assinantes que país distribuam 20 canais de notícias, entretenimento e entretenimento gratuito.

O porta-voz da Netflix ou se se dirige a comentar sobre o momento fiel da empresa com os reguladores russos. Não está claro como o serviço será eficiente por sua decisão. A Rússia é um dos 190 países onde a Netflix está disponível.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here