Microempresas são responsáveis ​​por 78% das vagas de emprego

0
50

As micro e pequenas empresas foram responsáveis ​​por 8% das vagas de emprego criadas no ano de 2021. O levantamento foi feito pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebraaged), com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados . O subject material pode ser conferido aqui.

De acordo com o estudo, das 2,7 milhões de novas vagas de emprego, 2,1 milhões destas oportunidades foram de responsabilidade das micro e pequenas empresas. As grandes e médias criam empresasam 505,4 mil novos empregos.

Isso significa que a cada 50 novas oportunidades de trabalho, 39 delas foram feitas pelas micro e pequenas empresas.

Em comparação com 2020, houve um aumento de quase 38 vezes. No primeiro ano de pandemia, o saldo overall foi negativo, com 191.455 demissões. Esse resultado causado pelo impacto que a covid-19 teve principalmente nas grandes empresas.

Esses dados são um indicador de que a economia do país, depois de 2 anos de pandemia, está se recuperando.

Quais foram as atividades que mais geraram empregos em 2021?

A análise do Sebrae aponta também como atividades que geraram mais empregos em 2021 através das micro e pequenas empresas. Somadas, elas criam mais de 450 mil novas vagas. Confira quais foram essas áreas.

  1. Construção civil – 93.439 vagas;
  2. Restaurantes e Similares – 57.511 vagas;
  3. Transporte rodoviário de carga (sem considerado produtos perigosos e mudanças, intermunicipal, interestadual e internacional) – 49.565 vagas;
  4. Supermercados – 49.301 vagas;
  5. Serviços administrativos e de escritório – 45.859 vagas;
  6. Comércio de roupas e acessórios – 36.839 vagas;
  7. Comércio de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas – 31.984 vagas;
  8. Minimercados, mercearias e armazéns – 29.133 vagas;
  9. Lanchonetes e Similares – 28.854 vagas;
  10. Serviços de engenharia – 27.531 vagas.

Oportunidades para 2022

Em janeiro, foi divulgado pela rede social LinkedIn, que é focado no mercado de trabalho, a lista dos 25 empregos em alta para 2022. A maioria é de ligações ligadas e à tecnologia, finanças, saúde ciência. Mesmo no período de pandemia, essas áreas continuam a procurar profissionais para trabalhar.

Confira, abaixo, quais são os empregos que estão em alta neste ano.

  1. Recrutador (a) especializado (a) em tecnologia;
  1. Engenheiro (a) de confiabilidade de websites (Website online Reliability Engineer – SRE);
  1. Engenheiro (a) de dados;
  1. Especialista em cibersegurança;
  1. Representante de Desenvolvimento de Negócios;
  1. Gestor (a) de tráfego;
  1. Engenheiro (a) de aprendizado de máquina;
  1. Pesquisador (a) em experiência do usuário;
  1. Cientista de dados;
  1. Analista de desenvolvimento de sistemas;
  1. Engenheiro (a) de robótica;
  1. Desenvolvedor (a) Again-end;
  1. Gerente de engajamento;
  1. Gerente de equipe de produto;
  1. Engenheiro de QA (Garantia de Qualidade);
  1. Consultor (a) de gestão de dados;
  1. Líder de experiência do cliente;
  1. Analista de design;
  1. Analista de soluções;
  1. Analista de gestão de riscos;
  1. Consultor (a) de projeto de produto;
  1. Coordenador (a) de vendas internas;
  1. Enfermeiro (a) intensivista;
  1. Fashion designer de conteúdo;
  1. Instrutor (a) de Agile.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então, siga-nos no canal do youtube e em nossas redes sociais, como o o Fb, Twitter, Contração muscular e Instagram. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos virtual, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Ronald Candonga / Pixabay

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here