Maioria das ADRs brasileiras na ópera em queda de Nova York; lideram bancos perdas – Cash Instances

0
36

ADRs da Vale estão entre as maiores alta na Bolsa de Nova York
Destaque: ADRs da Vale estão entre as maiores alta na Bolsa de Nova York (Imagem: Reprodução/Instagram/Vale)

A grande maioria das ADRs (American Depositary Receipts) de empresa brasileiras negociadas na Bolsa de Nova York ópera em queda nesta segunda-feira (28). Por volta das12h3 de Brasília), apenas 23 das 8 das 8 linhas de combinação0A por lá subião.

Entre as blue chips brasileiras, a ADR da Vale (VALE) apresentou uma das maiores altas (1,85%), enquanto os papéis da Petrobrás (PBR) recuavam 0,49%, apesar da expectativa de alta do petróleo nos mercados internacionais, em função da exclusão da Rússia do Swift, sistema internacional de pagamentos.

Siderúrgicas e agronegócio lideram ganhos de ADRs em Nova York

Além da Vale, como as manhãs lado a lado das empresasrúrgicas e como destaques eram ligados ao agronegócio de alta nesta cidade em Nova York. Como ADRs da CSN (SID) subiam 0,10%; como da Usiminas (USNZY) avançavam 1,37%.

No setor de agronegócios, como ADRs da Brasil Agro (LND), Marfrig (MRRTY) e Minerva (MRVSY) se valorizavam, respectivamente, 1,69%, 1,81% e 2,47%.

Na outra ponta, papéis ligados ao setor financeiro estavam entre as maiores quedas na abertura dos negócios em Nova York. Como os ADRs Itaú Unibanco (ITUB) recuavam 1,62%; como faço Bradesco (BBD), 1,79%; como faço NuBank (NU), 3,34%; Santander Brasil (BSBR), 2,10%; XP Inc. (XP), 1,45%; e Banco do Brasil (BDORY), 1,63%.

1º estão suspensos no mercado até a vista da B32h de quarta-feira2), devido ao feriado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here