Flávio crítica dupla do MBL na Ucrânia: “Vai sobrar para Bolsonaro”

0
60

Ó senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) criticou nesta segunda-feira (28/2) a dupla de lideranças do Movimento Brasil Livre (MBL) que decidiu ir até a Ucrânia.

O parlamentar, primogênito de Jair Bolsonarodisse que acabará sobrando para seus possíveis problemas de resolução gerados pela presença na zona de conflito do deputado estadual Arthur do Val (Podemos-SP) e do coordenador do movimento, Renan Santos.

Mais cedo, os líderes do MBL anunciam nas redes sociais que estão no caminho do país europeu situado. Isso, enquanto o Itamaraty trabalha para tentar tirar da Ucrânia os brasileiros que moram ou que estavam de passagem no país europeu quando começou a invasão.

“Deve estar achando que lá é palco de manifestação, igual à Avenida Paulista. Depois arruma problema e vai sobrar professional Bolsonaro resolver”, escreveu o senador em suas redes sociais.

A dupla de lideranças do MBL publicado em suas redes sociais seu plano para chegar até a Ucrânia. Eles avisam que estão em Viena, na Áustria. A ideia é alugar um carro, atravessar a Eslovênia e entrar na zona de conflito. O convite para ir à Ucrânia teria partido de ativistas que participaram dos protestos ucranianos de 2014, batizados de Euromaidan.

O MBL apoiou a eleição de Jair Bolsonaro em 2018, fazendo campanha pelo presidente atual da República contra o petista Fernando Haddad. Posteriormente, o movimento acabou se afastando do presidente, se tornando como oposição a Bolsonaro e seu governo.

0

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here