Após 10 dias, bombeiros do DF encerram missão em Petrópolis (RJ)

0
40

A equipe de bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) enviou um Petrópolis (RJ) realizou, nesta segunda-feira (28/2), a última operação na cidade. O grupo de Busca, Resgate e Salvamento com Cães (Bresc) viajou à região serrana do Rio de Janeiro no último dia 18 para auxiliar os trabalhos de resgate por causa das enchentes no estado.

“Deixa a operação com sentimento de nossos militares e os mais sinceros agradecimentos ao CBMERJ pelo acolhimento aos nossos militares. O Corpo de Bombeiros mostra o verdadeiro significado da palavra Corpo, nota a união de todas as instituições do Corpo de Bombeiros”, disse a corporação.

O CBMDF ainda não tem informações de quando a equipe deve desembarcar em Brasília. “Assim que a comunicação do evento de estabelecimento, faremos a comunicação.”

Ainda conforme a corporação, nesta, a equipe concluiu os trabalhos na área Alfa 1, em que fazendo as buscas, após confirmar que não há mais vítimas no local.

“Foram empregados dos cães Bacco e Nikki. O local era de difícil locomoção, devido à grande quantidade de lama e água. Ambos os grupos têm grandes interesses nas mesmas áreas, porém indícios de se tratar de odor residual, que não têm vista no dia de retiradas anteriores. Como uma área já havia sido desativada, apenas a equipe do CBMDF atuava nesse local. Restam 1 vítima declarada soterrada a ser encontrada e 4 ao longo do rio”, informa a nota da corporação.

Buscas do CBMDF em Petrópolis

Na última quinta (3/2), os bombeiros encontrados corpos de duas das três vítimas na área Bravo 7, chácara Flora. Com o auxílio dos cães Sheik e Apolo, os militares atuam em parceria com as equipes do Corpo de Bombeiro Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS), de Sergipe (CBMSE) e da Argentina.

0

Durante a procura, os bombeiros identificaram que o cão Sheik apresentou alteração de comportamento em uma das áreas em que outros cães também se manifestaram. Após familiares afirmarem que havia parentes desaparecidos no local, equipes com escavadeiras iniciaram o trabalho sob a supervisão dos militares.

Foram encontrados e resgatados dois corpos de vítimas onde Sheik e Nikki indicaram com latidos. Uma das vítimas, inclusive, era uma caseira que morava na residência quebou na região. Uma das netas da senhora fez o reconhecimento do corpo.

Para mais notícias do Distrito Federal, siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here