Novas evidências apontam mercado de Wuhan como origem da pandemia

0
48

[ad_1]

Dois estudos publicados, nesse sábado (26/2), na plataforma Zenodo, mostram evidências de que a transmissão do vírus Sars-CoV-2, causador da Covid-19, começou a partir de animais comercializados no mercado de Wuhan, na China, no ultimate de 2019. Ambos descartam a hipótese de que o vírus teria sido criado em laboratório.

A partir da análise espacial, os pesquisadores de universidades norte-americanas e do Reino Unido afirmam que o “agrupamento geográfico dos primeiros casos conhecidos de Covid-19 e a proximidade de amostras positivas de fornecedores de animais vivos sugerem que o mercado de frutos do mar de Wuhan foi o native de origem da pandemia”.

0

No segundo artigo, o mesmo grupo de cientistas sugere que “a emergência do Sars-CoV-2 provavelmente resultou de pelo menos dois eventos zoonóticos separados de transmissão entre espécies para humanos”. Isso significa que o vírus teria saltado de uma espécie animal para outra e, em um terceiro momento, alcançado um humano.

A diversidade genômica do vírus antes de fevereiro de 2020, quando ele começou a se espalhar mais intensamente pelo mundo, compreendia apenas duas linhagens distintas – denominadas de A e B.

A primeira transmissão zoonótica provavelmente envolveu vírus da linhagem B e ocorreu no ultimate de novembro ou início de dezembro de 2019, enquanto a introdução da linhagem A provavelmente ocorreu semanas após o primeiro caso.

[ad_2]

Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here