Investimento direto estrangeiro para o Brasil cresce mais de 100% em 2021

0
61

O fluxo de Investimento Estrangeiro Direto (IED) para o Brasil teve um crescimento de mais de 100% em 2021, de acordo com o levantamento realizado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad em inglês.

Com um quantity de US$ 58 bilhões, o Brasil ocupa o 7º lugar no score international de países que despertam investimentos estrangeiros. Ele teve um crescimento de 133% quando comparado ao valor de US$ 28 bilhões em 2020, o ano inicial da pandemia da Covid-19.

O setor externo que atrai mais 2 regiões da América Latina e Caribe como a Ásia, América e Caribe.

Estimativa do Banco Central

Outra pesquisa, desta vez realizada pelo Banco Central (BC), revela um quantity de US$ 46,4 bilhões em relação aos investimentos diretos no país (IDP) em 2021. O IDP registra o fluxo de aplicação financeira em empresas e companhias brasileiras.

Contudo, apesar de ser considerado uma melhora, o resultado não foi o esperado pelo BC, que estima um valor de US$ 52 para os investimentos vindos de fora.

Entretanto, por mais que a estimativa não tenha se concretizado, o Banco Central projeta um quantity maior para 2022.

Expectativa para 2022

Para o Banco Central de investimentos, um quantity de investimento de US$ 55,55 milhões em 2022,7% maior de investimentos, esta previsão é de 5,7% maior que a Direto é para2021.

Como começar a investir bem em 2022

A possibilidade e oportunidade de investimento começar alguns iniciantes. Afinal, os futuros investidores acabam se perdendo no planejamento do investimento por falta de noções técnicas e visão.

Então, para ajudar quem se interessa em investir em 2022, o Banco Inter experimentou uma viver com Joe Ruas, especialista em investimentos e educação financeira, e também social media do Inter Make investments.

No bate-papo, realizado no canal do Banco Inter, Ruas indicou alguns fatores a serem seguidos antes e depois do investimento:

Organizar e pagar as dívidas antes de investir. Assim, fica melhor para entender para onde os gastos estão indo e quais são os custos do mês e chegar a uma média.

Definir metas e objetivos sólidos, deixando-os claros para facilitar o direcionamento de investimentos.

  • Diferenciar os investimentos

Separar e diferenciar os investimentos ligados a lazer (viagem e compra de objetos, entre outros) dos investimentos relativos à bolsa de valores, negócios e ações.

  • Saber que o retorno não é imediato

O investimento precisa ser de médio a longo prazo. Afinal, é importante ter paciência ao aplicar dinheiro em algo. Os resultados não são instantâneos.

  • Não se arriscar demais

É preciso entender que novas pessoas possuem mais pace para reparar ou patrimônio de uma aplicação errada. No entanto, para uma pessoa mais velha pode ser um desperdício de pace.

Não é necessário acompanhar a carteira todos os dias, uma vez por semana é uma boa opção. Bem como utilizar e atualizar planilhas para os desempenhos facilitar o momento do pagamento do Imposto de Renda.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Siga-nos no canal não YouTube e em nossas redes sociais, como o o Fb, Twitter, Instagrame Contração muscular. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos virtual, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Quem é Danny / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here