Indústria do chocolate abre 8,5 mil postos de trabalho temporário

0
49

Setor se prepara para atender a demanda do período da Páscoa, uma indústria de sweets calculada que foram criados 8.500 postos de trabalho temporários (Crédito: Pexels)

Além de adoçar o dia de crianças e adultos, a Páscoa também é responsável pela geração de milhares de empregos. Mapeamento encomendado pela Associação Brasileira da Indústria de Goodies, Amendoim e Balas (Abicab) mostra que, para atender à demanda do período da Páscoa de 2022, uma indústria de sweets calculada que foram criados 8.500 postos de trabalho temporários no Brasil, sendo contratações diretas e indiretas – tanto em fábricas quanto em pontos de venda.

A ocasião não é tão grande para o emprego, mas também é muito aguardada por parte da geração de emprego e de oportunidades de emprego, uma vez que o setor tem a capacidade de gerar de trabalho e também de empregos temporários.

+ Nestlé e Lacta anunciam novidades para a páscoa

As preparações para an information comemorativa são feitas com antecedência para atender o varejo brasileiro da melhor forma possível. Para a Páscoa de 2022, as contrações tiveram início no segundo semestre de 2021. Nos últimos anos, a fundamental mudança foi o desenvolvimento da comercialização dos produtos digitalmente. No geral, a pandemia impulsionou as vendas pelo e-commerce, sendo preferência de 71% dos brasileiros, segundo a ConQuist Consultoria.

Os associados também atendem a esses produtos neste canal, focando na melhor experiência de compra on-line por meio de alternativas de oferta própria, ou mesmo em parcerias com empresas em entrega.

De acordo com a Ubiracy Fonsêca, da associação, o consumidor tem um novo perfil que prioriza o conforto, rapidez e cuidado no recebimento do produto. “Os consumidores têm se mostrado mais importantes e únicos, muito inclusive pela mudança de comportamento que vem, inclusive, por conta da pandemia da pandemia. Ele hoje sabe usar muito bem o ponto de venda físico e os serviços com o e-commerce supply. Esse hábito deve se manter, podemos dizer que o comportamento do consumidor tende a ser híbrido daqui para frente”, pontua.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here