Deputado pede que MP Eleitoral investigue Bolsonaro e Tarcísio

0
41

[ad_1]

O deputado Ivan Valente, do PSol de SP, pediu que o Ministério Público Eleitoral apure se Jair Bolsonaro e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, fizeram propaganda eleitoral antecipada na última quinta-feira (24/2) no internal de São Paulo. O evento foi transmitido pela TV Brasil, da estatal Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Durante a cerimônia, o locutor da festa de Peão de Barretos, Cuiabano de Lima, pediu uma oração pelo “futuro político do ministro Tarcísio” e encerrou sua participação gritando o número de urna de Bolsonaro no PL. “Põe no 22 aí”.

“Não é a primeira vez que o presidente Jair Messias Bolsonaro pratica atos caracterizados como campanha antecipada em atos do governo. Como se não fosse suficiente, o ministro da Infraestrutura se oportuniza também de atos do governo para se promover, visando sua pretensão à candidatura”, escreveu o deputado. Bolsonaro é pré-candidato à reeleição na Presidência, enquanto Tarcísio é pré-candidato ao governo paulista.

Além de crime eleitoral, Valente pediu que o Ministério Público Eleitoral investigue se Bolsonaro e Tarcísio cometeram improbidade administrativa. Se o procurador-geral eleitoral, Augusto Aras, avançar na apuração, o processo será enviado ao Tribunal Awesome Eleitoral.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.



[ad_2]

Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here