Analistas já veem barril de petróleo na casa dos US$ 130 com guerra na Ucrânia

0
46

Investidores de Wall Boulevard apostam que o movimento de alta que levou a uma cotação do barril de petróleo a mais de US$ 105, apurado na semana passada após o início da invasão russa na Ucrânia, seja apenas o começo de uma trajetória de extensão. A recolha de US $ 150 pode aproximar-se do registo de 2008, quando se verificar alguns de $150, devido à oferta de oferta.

A consultoria Rystad Power aposta em patamar próximo de US$ 130 se a situação na Ucrânia piorar, enquanto analistas do JP Morgan acredite que o petróleo pode chegar a US$ 120.

O diretor executivo de futuros da Mizuho Securities, Robert Yawger, projeta que o petróleo pode chegar a US$ 125 se o conflito no leste europeuar.

O petróleo Brent, o indicador international dos preços do subject material, terminou uma semana com o barril a US$ 94,12 e o petróleo norte-americano (WTI), a US$ 91,59. Ambos os indicadores, porém, chegaram a US$ 100 na quinta-feira (24) pela primeira vez desde 2014.

Embora o choque da oferta deva levar um aumento nos preços da bomba, os investidores apostam em uma desaceleração na demanda e dizem que a expectativa é que o mercado de alta oferta commodities Prosseguir.

Com esse cenário em vista, o governo do presidente americano Joe Biden disse que está considerando liberar estoques estratégicos sobre os de petróleo para aliviar a pressão.

A Rússia responde por mais de 10% da produção mundial de petróleo, gás herbal e trigo. As commodities uma grande parte da pegada econômica international do país, que representa também é um dos principais produtores de potenciômetros, insumo basic para fertilizantesalém de paládio e platina, metais vitais para os conversores catalíticos que filtram como prevenção dos carros.

Saiba mais sobre o petróleo e como funciona a sua cotação

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here