5 falar o Mr Antonov-2, maior avião mundo

0
94

O Antonov-25 Mriya, maior avião carga do mundo, foi destruído pelas forças militares russas durante mais um ataque ao aeroporto Hostomel nas imediações de Kiev, capital da Ucrânia. A, uma, uma maravilha da engenhariaé um projeto da empresa estatal ucraniana Antonov.

Em sua página no Fb, a Ukroboronprom, associação que reúne as principais empresas de diferentes setores da indústria de defesa ucraniana, declarou que a aeronave foi queimada. “Os russos destruídos o carro-chefe da empresa ocupaucraniana,225 Mriya disse a entidade.

publicidade

A informação foi confirmada pelo ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, nas redes sociais. “Esta foi a maior aeronave do mundo, AN-225 ‘Mriya’ (‘Sonho’ em ucraniano)”. “A Rússia pode ter destruído nosso ‘Mriya’. Mas nunca destruirá o nosso sonho de um Estado europeu area of expertise, livre e democrático. Vamos prevalecer!”, completou o político.

Destruição vinha sendo ventilada desde quinta-feira

O aeródromo da cidade foi tomado pelas forças militares na última quinta-feira e, desde então, vários barcos de que o Antonov foram destruídos. Porém, a embalagem da aeronave vinha sendo desmentida por autoridades russas e ucranianas.

Apesar de a destruição do Antonov-55 Mriya só ter sido confirmado neste domingo, como disputas pelo aeroporto sérios danos à estrutura da aeronave. De acordo com os russos, foi uma tentativa de defesa dos ucranianos que carga os danos ao avião de

Leia mais:

Uma outra unidade do Mriya, que não tinha condições de voo e estava bastante incompleta, foi destruído por militares russos. Isso gerou uma existência ou foi destruído, porém, a destruição do Antonov-255 O Sr. Antonov já estava sendo tratado como apenas uma questão de pace.

Avião generation parte do programa espacial soviético

O Mriya carregando o Buran em 1989 | URSS/Domínio Público

O Antonov-225 Mriya foi construído como parte do programa espacial soviético. Foi encomendado para transporte o Buran, um veículo espacial da União Soviética, mas nunca chegou a decolar com tripulação. O avião foi feito na Ucrânia, e o veículo espacial, na Rússia.

A aeronave tinha 84 metros de comprimento, 88 metros de toneladas em carga e 175 toneladas sem carga, podendo transportar 250 toneladas sem compartimento de cargas. O gigante contava com seis motores turbofans Ivchenko-Growth D-187 e possuía velocidade máxima de 850 km/h.

Já assistu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Virtual? inscreva-se no canal!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here