Rússia anuncia nova retirada de tropas da fronteira com Ucrânia; Ocidente mantém ceticismo

0
42

A Rússia anunciou nesta quinta-feira (17) que iniciou a retirada de mais tropas da fronteira com a Ucrânia, enquanto o governo dos Estados Unidos insiste que Moscou continua reforçando o contingente para uma invasão possível da ex-república soviética.

Desde terça-feira, as autoridades russas anunciam a retirada de parte dos militares e dos equipamentos estacionados na fronteira Rússia-Ucrânia e na Crimeia, uma península ucraniana anexada por Moscou.

Nesta quinta-feira, o ministério afirmou que estava partindo a Crimeia e mais imagens de um trem militar com a defesa russa na Rússia continental, depois de atravessar a ponte que cruza o de Kerch.

Também informado a retirada de blindados e tanques, sem revelar de onde partiram e para onde seguir os equipamentos.

O portavoz do Kremmitri Pekov afirmou que o processo de retirada de entrega-D, “pace”.

Na terça-feira, o presidente Vladimir Putin mencionou uma “retirada parcial”, sem explicar o tamanho nem o calendário da mesma russa.

Os países ocidentais duvidam das intenções da Rússia e mantêm a suspeita de que pretendem atacar a Ucrânia, alegando que não constataram nenhuma prova de dessascalada.

Uma fonte da Casa Branca, que pediu anonimato, chegou a acusar o Kremlin de ter aumentado o número de tropas na fronteira ucraniana com mais de 7.000 soldados.

A Otan “leva muito a sério” as ameaças que pesam sobre a Ucrânia, com o reforço das tropas russas em suas fronteiras, afirmou o ministro britânico da Defesa, Ben Wallace.

“Nós observamos um aumento das tropas nas últimas 48 horas”, incluindo a construção de uma ponte de Belarus até a Ucrânia ou perto da Ucrânia, destacada o britânico na sede da Aliança em Bruxelas, onde se reuniram os ministros da Defesa dos países da Otan .

Esta semana, o governo dos Estados Unidos fechou sua embaixada em Kiev, apesar dos apelos das autoridades ucranianas para que os ocidentais não espalhem o pânico.

– “Mentira!” –

O ucrania Volodymyr Zelensky afirmou que não viu nenhum símbolo de referência das tropas na fronteira e foram observados apenas “pequenos rodízios”.

A Bielorrússia anunciou que nenhum soldado da Rússia permanecerá em seu território ao ultimate das manobras dos exércitos russo e bielorrusso, em 20 de fevereiro.

O presidente, Alexanderkashenko, declarados, no entanto, que seu paísbior casorusso, Alexanderkashenko, serão considerados países pelos países ocidentais.

A Rússia sem falar na intenção de agredir a Ucrânia e seu ministro Exteriores da Ucrânia, Sergueilítico com maiocasmo como denúncias de seus rivais geopo o colega italiano, Luigi di. O chanceler de Moscou afirmou que existe uma crise apenas “no espírito, na cabeça” dos governantes e da imprensa ocidentais.

Como você decranianos irritam os Washington. Na localidade de Dobrianka, na fronteira com a Bielorrússia, algumas reclamações de manipulação.

“Eles falam que a Rússia ataca a Ucrânia. É verdade! É uma provocação”, declarou a aposentada Nadezha Bronfilova.

“Os ucranianos podem começar algo e isso aconteceria por culpa dos americanos e dos britânicos, que trouxeram todas as armas para cá”, disse Lidia Silina, 87 anos, em sua cabana de madeira.

As entregas de ocidentais a Kiev aumentaram com os tem de uma invasão, o que irritou a Rússia, que a Ucrânia poderia preparar uma armada contra os separatistas do leste do país, apoiada pelo Kremlin.

– Esboço de diálogo –

No início da semana, o Kremlin e a Casa Branca se declararam a dialogar sobre a estrutura da segurança na Europa. A Rússia exige uma reforma overall, alegando que a expansão da Otan para suas fronteiras representa uma ameaça.

O governo russo aceita uma proposta de mudança da Ucrânia que aceita o fim de suas principais exigências: o compromisso de não instalar o ataque perto do território russo e a retirada de suas infraestruturas do leste da Europa.

Os países ocidentais oferecem uma negociação de temas como o controle de armamentos, como visitas de instalações e um diálogo sobre os temores de Moscou em termos de segurança.

Lavrov afirmou que responderá nesta quinta-feira, por escrito, a estas propostas.

Putin se mostrou disposto a conversar, mas disse que sua também deve estar sobre a mesa.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here