Renan diz que MDB hoje nãoia impeachment de Dilma: “forçação”

Ó senador Renan Calheirosdo MDB de Alagoas, disse acreditar o seu partido não presidenteia do impeachment da Dilma Rousse se ele acontecesse hoje.

“Acho que o próprio MDB não repetiria uma circunstância singular. Aquilo é um fato para não ser jamais repetido na história do Brasil”, opinou, em entrevista para a coluna.

Calheiros avaliou que o MDB Veja o impeachment de outra maneira hoje. “Aquilo foi uma circunstância duríssima do ponto de vista econômico, político”, lembrado.

“Sinceramente não acredito que o presidente da aprovação hoje por crime de impeachment de responsabilidade fiscal que não existiu. Aquilo foi circunstância que não pode se repetir”, prosseguiu.

Renan também afirmou que defenderá um apoio ao ex-presidente Lula do MDB neste ano Já no primeiro turno, caso a campanha de Simone Tebet não decole até maio.

Assista à entrevista completa aqui.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e não Instagram para não perder nada.


Publicado

em

por

Tags:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *