mulheres são maioria das vítimas; recursos chegar a chegar

0
41

Bombeiros, moradores e voluntários trabalham no native do Morro da Oficina, após chuva queu Petrópolis (Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O temporal que devastou a cidade de Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, já deixou 104 mortos, a maior parte mulheres. Segundo boletim da manhã desta quinta-feira (17), dos 101 corpos que estão no Instituto Médico Prison (IML), 65 são de mulheres e 36 homens.

Não se sabe o overall de desaparecidos, mas 42 pessoas já são procuradas. Mais de 500 pessoas do corpo de Bombeiros, Defesa Civil e equipes da Prefeitura trabalhando na operação de busca e nesta quinta o Ministério da Defesa autorizou o envio das Forças Armadas para ajudar na região.

+ Chuvas em Petrópolis: saiba como ajudar as vítimas da tragédia no RJ

Ao menos 421 pessoas, desabrigadas ou desalojadas, foram acolhidas nos pontos de atendimento montados na cidade.

O cenário é de destruição do município na chuva veículos já registrados desde mais intensos que a cidade2: há muitos rebocados de carros arrastados pela e ainda muitos abandonados em diversos pontos do carro. Lama e escombros de casas completam a imagem em Petrópolis.

O governo estadual e a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro anunciam uma prorrogação do calendário de pagamento de impostos para os moradores da cidade. IPVA e ICMS foram entregues no segundo semestre.

possibilidade de recursos

O Centro Nacional de Monitoramento e Alerta indicou que a possibilidade de ocorrência de perigo é alta na região. Isso há um nível de chuva de umidade mesmo do solo, favorecendo esses movimentos sem porque.

O caos antes de Petrópolis poderia ser, caso a prefeitura de Petrópolis fosse planejada. Desde de 17 mil anos de destruição, que mais graves, com maior risco de destruição, ou muito mais próximos, de destruição.

Segundo o UOL, o levantamento foi feito pela empresa Theopratique Obras e Serviços de Engenharia e Arquitetura, projetado pelo próprio município. No chamado Plano Municipal de Redução de Riscos, 27.704 imóveis foram considerados de risco alto ou muito alto de 10% da área urbanizada de Petrópolis.

O plano que indica, inclusive, destina-se a ser investido em cada área de reassentamento, saneamento básico e infraestrutura. Ao todo R$ 35 milhões, como todos os gastos para evitar desastres aconteceram nesta semana.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here