EUA recebe resposta da Rússia a propostas sobre segurança

0
40

EUA recebe resposta da Rússia a propostas sobre segurança

O secretário do Estado americano, Antony Blinken – POOL/AFP

Os Estados Unidos anunciaram, nesta quinta-feira (17), que resposta a suas propostas foram avaliadas de segurança sobre a Rússia, por escrito, às suas propostas de neutralização sobre segurança sobre a Europa para a Ucrânia para a crise sobre a Rússia.

A resposta foi entregue ao embaixador dos Estados Unidos na Rússia, John Sullivan, disse um funcionário de alto escalão do governo americano.

Na quarta-feira, o Departamento de Estado Americano reafirmou que seu secretário, Antony Blinken, estava pronto para reunir a carta com seu autor russo, Serguei Lavrov, uma vez que este tivesse recebido e recebido.

E, hoje, o ministro russo das Relações Exteriores prometeu tornar “público” o conteúdo da missiva de Moscou.

Washington suas propostas apresentadas em dezembro, apresentadas como principais propostas russas em dezembro apresentadas. Entre elas, está a garantia de que a Ucrânia nunca ingressará na Organização do Atlântico Norte (OTAN), assim como a retirada de algumas forças da Aliança Atlântica às portas da Rússia.

Os Estados Unidos traçam, vez por outra, operações sobre a implementação de sua Europa e sobre a manutenção das manobras.

A americana sugere compromissos recíprocos, por parte de Estados Unidos e início de janeiro, problemas de não implementação de sistemas de lançamento de janeiro, esforços de combate permanentes em recurso ucraniano”.

Washington também planeja a infraestrutura que Moscouspecione as seguranças militares que lhe dizem respeito na Europa e garante que a infraestrutura para a proteção da “indivisibilidade da proposta”.

O Kremlin se baseia neste conceito que requer a retirada da OTAN de sua ainda, argumentando que a segurança de cada um deles é alcançada com dos demais não pode conhecer o direito Estado e, portanto, da Ucrânia, de suas escolhas alianças.

Depois de enviar a carta, a Rússia ameaçou reagir, incluindo a opção militar na mesa, se os Estados Unidos rejeitam suas principais exigências de segurança. Reforçou, nesse sentido, que deseja a retirada das forças americanas estacionadas Europa Central e Oriental e dos países bálticos.

“Se não houver uma provisão por parte dos Estados Unidos de nos entendermos em relação às garantias legais para nossa segurança (…) a Rússia se verá a agir, aplicando, sobretudo, medidas de caráter militar e técnico”, frisou o Ministério em sua resposta aos EUA.

Nesta quinta, o Departamento de Estado Informado ainda que a Rússia “expulsou” ou dois de sua embaixada em Moscou.

“Pedimos à Rússia que cabe com as expulsões infundadas de diplomatas americanos” e “estamos estudando nossa resposta”, disse uma porta-voz deste Departamento à AFP.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here