Temporal em Petrópolis, no Rio, deixa ao menos 78 mortos

0
47

Ao menos 7 fortes dias, entre elas oito chuvas em Petrópolis, 8 pessoas na tarde de terça-feira, 15 pessoas na cidade posterior; 377 pessoas estão desabrigadas. Vários pontos do centro estão bloqueados e como aulas da rede pública foram suspensas. A orientação que os moradores evitam sair de casa e está prevista para o fracasso ou a medida nesta quarta-feira, 16.

Segundo o órgão, foram contabilizados 229 ocorrências, dos 189 são por onde estão. Mais de 180 militares trabalham no atendimento à população. Equipes especializadas em busca e salvamento foram enviadas para reforço de socorro, com apoio de viaturas do tipo 4×4 e bots. Oito com as viaturas extras foram mobilizadas para atender a região e outras 10 viaturas do Corpo de Bombeiros do Estado foram enviadas para a cidade na madrugada desta quinta-feira.

Nenhum native conhecido como Morro da Oficina, no Alto da Serra, a Defesa Civil foram 80 casas aprovadas que foram estimadas. Em outras regiões, como 24 de Maio, Caxambu, Sargento Boening, Moinho Preto, Vila Felipe, Vila Militar e nas ruas Uruguai, Whashington Luiz e Coronel Veiga também há registros de ocorrências. Foram mobilizados agentes de diversas secretarias, como de Obras, Serviço, Segurança e Ordem Pública, Saúde, Educação, além da Companhia Municipal do Desenvolvimento de Petrópolis e CPTrans para atender a população.

Até a última atualização da Defesa Civil, 184 pessoas estão recebendo suporte da prefeitura nos pontos de apoio, que foram abertos no Centro, São Sebastião, Vila Felipe, Alto Bingen, Dr. Thouzete e Chácara Plants.”Orientamos a população que ao Plants.” Sinal de qualquer instabilidade nas áreas em que residem, que busca o ponto de apoio e nos acionem”, destacou o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers. De emergência, a Defesa Civil ligar 199.

Em uma hora choveu 113 milímetros em Petrópolis – em seis horas, a chuva atingiu 175 milímetros, o equivalente a um mês inteiro. Além disso, os pontos de alagamento detectados temporais foram detectados e a queda de obstáculos.

A Rodo-Petrópolis do km de uma by means of inter8ditada na altura do terminal rodoviário, devido à queda de barreira. A notificou ainda ter decretado estado de calamidade pública em virtude das fortes chuvas que as prefeituras chegaram à cidade. “Equipes dos hospitais foram reforçados para o atendimento de pacientes. Além da Defesa Civil, agentes da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis, de Serviços, Segurança e Ordem Pública, de Obras e de outras áreas do governo não seguem suporte às 95 ocorrências registradas até o momento”.

Segundo a, trechos da Defesa Civil ou alagados por causa do quantity elevado de chuva começou a ser liberados, o acesso da Defesa Civil por parte dos órgãos competentes, como socorro e Corpo de Bombeiros. O núcleo choveu naquele momento, com a chuva prevista para a cidade próxima, mas não houve fim de chuva uniqueness nas proximidades.

A maior parte dos danos, foi registrada nas localidades, Alto da Serra, Castelâ Centro, Coronel Veira, Duarte da Silveira, Floresta Caxambu e Chácara Plants. Houve alagamentos por diversos da cidade – os 11 pontos registrados pela Defesa Civil foram das regiões do Alto da Serra, Corrêas, Centro e Mosela.

Em 20 chuva1, as fortes chuva1, a Região Serrana do Rio morreram mais de 900 mortos. É considerada a maior tragédia da história do Brasil. Em 2001, foram 57 mortos em Petrópolis. Em 2013, outra tragédia por causa da chuva, com 33 mortos.

“Situação quase de guerra”, diz governador do Rio

O Cláudio Castro, esteve no Morro da Oficina, em Petrópolis, o native onde estavam concentrados os exercícios de resgate. Ele descreve o cenário como uma “situação quase que de guerra”.

Pelo menos 21 pessoas foram resgatadas com vida. “Toda a equipe está mobilizada: Corpo de Bombeiros, secretarias e demais órgãos do estado”, afirmou o governador. ações.”

O secretário do Estado de Defesa Civil, coronel Leandro Monteiro, falou sobre o trabalho de resgate. “Há uma grande equipe concentrada no Morro da Oficina, onde temos o maior número de vítimas ainda soterradas”, disse Monteiro. “Estamos com 400 militares mobilizados e atingidos em 44 pontos temporais. Montamos um health center de campanha com 10 leitos onde as vítimas recebem o primeiro atendimento.”

Bolsonaro pede socorro

O ministro Ja Bolsonaro (PL) pediu aos ministros Paulo Guedes (Economia) e Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) “auxílio resgate” às vítimas das chuvas em Petrópolis (RJ).

“De Moscou tomou conhecimento sobre a tragédia que se abateu em Petrópolis/RJ. Fiz ligações para os Ministros @rogeriosmarinho e Pauloedes para auxiliar socorro às vítimas Gu, bem como conversei com o @DefesaGovBr Basic Braga Netto, que me acompanha na Rússia”, publicou no Twitter o presidente da Rússia, que está em visita oficial.

De acordo com Bolsonaro, ele também conversou com o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL). “Retorno na próxima sexta-feira e, mesmo distante, continuamos empenhados em ajudar ao próximo. Deus conforto aos familiares das vítimas”, finalizou o chefe do Executivo, na mesma rede social.

Região Serrana teve tragédia com mais de 900 mortos em 2011

Em 20 de dezembro, uma região serrana do Rio viveu por causa de chuvas uma catástrofe natural1 de terra, a maior catástrofe do Brasil considerada. Na época, poucas horas, um temporal na madrugada do dia 12 de janeiro mais de 900 pessoas em três municípios – 130 em Teresópolis; 97 em Nova Friburgo; e 18 em Petrópolis, cidade atinginda pelas chuvas desta vez. (Colaborou Eduardo Gayer)


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here