Maioria das Bolsas da Europa fechou em queda, após dados e atenção com Ucrânia

0
45

As principais bolsas europeias fecharam na maioria em queda nesta quarta-feira, 16. O mercado segue o desenrolar das fontes geopolíticas na região da Ucrânia. Além disso, a divulgação de dados do continente no radar dos investidores.

No fechamento, o índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 0,04%, a 467,77 pontos.

O dia Leste Europeu, identificado com as descobertas de sua identidade no seu país, a Rússia anunciou que estava indo mais tropas e armamentos para suas bases. No entanto, o secretário-geral da Organização do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, reiterou que a Rússia continua aumentando a militar perto da fronteira com a Ucrânia.

Além disso, o secretário do Estado norte-americano, Antony Blinken, afirmou que não há provas até agora de que a Rússia se mobilizou tropas. Tais declarações mexeram com o mercado e fizeram como ações europeias recuarem.

Analistalista Markets, Michael Hewson avalia o fato de os russos dizerem uma coisa e Otan e os EUA, outra está ao risco dos mercados cada vez mais chefe, que está ao risco das manchetes. “E assim, a guerra falsa continua, à medida que a retração nos mercados de ações leva a uma migração para os títulos do governo, fazendo com que os rendimentos recuem”, destaca-se.

O FTSE 100 fechou em queda de 0,07%, a 7.603,78 pontos, na Bolsa de Londres. De acordo com a recuperação no preço do petróleo nesta quarta-feira, que ocorreu como um empecilho FTSE 100 na terça, recuperação, com BP (+1,61%) e Shell (+1, 99%) em destaque.

Por outro lado, índice londrino foiings, ou ações do Lloyds Financial institution (-1,33%) e Bar De acordo com o UBS, as ações dos aviões foram feitas sob pressão esta semana em meio a alta investigação geopolítica. Mas, apesar da recente volatilidade, os papéis do setor devem ser beneficiários com o aumento das taxas de juros pelos bancos centrais no continente.

Além do cenário geopolítico, os dados macroeconômicos não seguem nenhum radar. O índice de preços ao consumidor (CPI, sigla em inglês) do Reino Unido subiu 5,5% em janeiro ante igual mês do ano passado. Já a produção business da zona do euro subiu 1,2% em dezembro ante novembro de 2021.

Apesar do avanço na produção business da zona do euro acima do esperado, os gargalos nas cadeias produtivas seguem “severos”, na avaliação da Capital Economics. Em relatório, a instituição afirma que a seguir os preços aos produtores sugere que a seguir o consumidor na região alta.

Em Paris, o CAC 40 caiu 0,21%, a 6.964,98 pontos, com as ações do Carrefour tendo queda de 0,64%, no dia da divulgação de balanço.

Em Frankfurt, o DAX perdeu 0,28%, a fifteen.370,30 pontos.

Em Milão, o FTSE MIB fechou estável, a 26.967,98 pontos, enquanto, nas praças ibéricas o PSI 20, em Lisboa, avançou 0,34%, a 5.662,82 pontos, eo Ibex 35, em Madri, subiu 0,34% %, a 8.736,10pontos.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here