Ibovespa fecha na maior avaliação em cinco meses; dólar recuperou por R$ 5,12

0
47

O Ibovespa avançou pela sétima sessão consecutiva de pelo setor de varejo e empresas. Bolsa brasileira fechou em alta de 0,31%, aos 115.180 pontos, após oscilar entre 114.815 e 115.734. É a maior avaliação desde setembro do ano passado. O rolo financeiro foi de R$ 30,2 bilhões.

O destaque positivo ficou com as ações do ASSAI (ASAI3), subiu 7,14%, seguidas por CVC (CVCB3) e Carrefour Brasil (CRFB3), que seguem 5,31% e 5,96%, respectivamente. As ações subiram após a de resultados do IG Carrefour21, elaborando a avaliação das estimativas de divulgação com integração do Grupo B.

“Os resultados também melhoram o Assai Atacadista, geraram vantagens para sua divulgação do Assai21 que será feita na semana que vem, devido às surpresas positivas dos resultados do Carrefour, foco do Assai”, relatório de análise de investimento.

Os destaques ficaram com a WEG (Peruca 3) e JBS (JBSS3) que recuaram, respectivamente, 4,81% e 3,28%, seguidas pela Alpargatas (Alpa 4), apenas 3,28%. As ações do fabricante de motores elétricos foram após a divulgação de resultados do 4T21. Enquanto a JBS cai com a venda de mais de 50 milhões de ações por parte do BNDES.

O dólar fechou na mínima do dia, a 5.127 reais na compra e 5.128 reais na venda, com perda de 1,02%. É a menor cotação desde o início de julho do ano passado. A falta de novidades na Ata do Fomc fez a divisão americana perder força frente às principais moedas no fim da tarde de hoje.

O F. Iniciou o início do balanço da instituição. Além disso, mais uma vez do luxo positivo de capital estrangeiro colaborou para acentuar a queda do dólar perante o actual.

Segundo Alexandre Brito, sócio e gestor da Finacap, o movimento de alta das commodities continua levando o investidor estrangeiro ou estrangeiro a procurar uma bolsa brasileira, o que resultou em maior entrada de capital externo no país.

Os juros próximos fecharam próximos à estabilidade: DIF23, -0,01 pp, a 12,36%; DIF25, +0,01 pp, 11,33%; DIF27, -0,03 pp, 11,17%; DIF29, -0,05 pp, 11,32%.

Sem EUA, as Bolsas fecharam misas em uma sessão marcada pela volatilidade e com investidores avaliando os próximos passos do Fed após a divulgação da ata do Fomc.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O S&P 500 fechou em alta de 0,09%, aos 4.475 pontos. O Dow recuou 0,15%, aos 34.935 pontos, enquanto o Nasdaq teve queda de 0,11%, aos 14.124 pontos.

Oportunidade competitiva? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. ajudante de marinheiro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here