A vitória diante do Guarany de Bagé, na noite deste último domingo, fez com que o Grêmio somasse mais três pontos e, de quebra, assumisse a liderança do Gauchão de forma isolada. No entanto, para o técnico Vagner Mancini, a atuação da equipe não foi dentro do imaginado, e uma evolução em diversos pontos deve ser realizada.

Em entrevista coletiva digital após o duelo, o comandante foi cirúrgico em algumas analises e mostrou um certo descontentamento em algumas fases do jogo. Segundo o treinador, o Tricolor o time errou muito na transição ofensiva. Os volantes Lucas Silva e Thiago Santos, que são os responsáveis por realizar essa movimentação, não conseguiram fazê-la da forma excellent, assim como os zagueiros Geromel e Bruno Alves.

vagner-mancini-gremio
IMAGEM: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

 

Todavia, Mancini alega que houve uma evolução, mas o time ainda não desenvolveu outros pontos. “Não tenha dúvida que o jogo faz parte da pré-temporada, mas não fiquei satisfeito com aquilo que vi. Algumas coisas evoluímos, mas em algumas coisas estamos estagnados. Talvez fruto da carga física. Talvez fruto de poucos amistosos”, pontuou.

Com muita transparência, o técnico do Tricolor foi enfático e frisou que esperava um desempenho melhor diante de uma equipe mais fechada. “Mas a verdade é que o time não teve um desempenho na maior parte da partida, contra um adversário que marcou em bloco baixo, que todos esperávamos, isso já falei para os atletas”, destacou Vagner Mancini.

O Grêmio volta a campo na próxima quarta-feira (9) para encarar o Aimoré, às 20h30, no estádio Cristo Rei, em São Leopoldo, pela 5ª rodada do Gauchão. A expectativa é de que o Tricolor atue com uma equipe alternativa neste duelo.

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTokTwitter, o Instagram e o Fb. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

IMAGEM: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA





Supply hyperlink