Veja quem pode se vacinar neste sábado (5/2) em SP, RJ, GO, AM e PR

0
54


Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 493 mortes provocadas pela Covid-19 e a média de óbitos diários foi a 658. O número é 151% maior que o verificado há 14 dias.

O número, entretanto, pode ser maior. Ceará, Rio de Janeiro e São Paulo apresentaram problemas em seus sistemas de informação e não tiveram seus dados computados nessa sexta-feira (4/2).

O país também computou 184.311 casos confirmados. A média diária de infecções pelo coronavírus está em 177.289, aumento de 50% em comparação ao índice verificado há 14 dias.

Veja onde se imunizar em algumas capitais brasileiras neste sábado (5/2):

São Paulo

Crianças de 5 a 11 anos com ou sem comorbidades já podem se imunizar. As vacinas utilizadas para o público são a Pfizer pediátrica ou a Coronavac.

Adolescentes de 12 a 17 anos são inoculados com Pfizer. Maiores de 18 anos ainda podem ser vacinados com a primeira dose.

Adolescentes de 12 a 17 anos e maiores de 18 anos continuam elegíveis para a primeira dose. O intervalo da segunda dose é de 15 dias para quem recebeu Coronavac. No caso da AstraZeneca, é de oito semanas. Quem foi inoculado com Pfizer precisa aguardar 21 dias.

Imunossuprimidos graves com mais de 18 anos devem tomar duas doses adicionais. A primeira pode ser aplicada 28 dias após a segunda dose e o segundo reforço depois de quatro meses.

A aplicação ocorre nos megapostos, drive-thrus e farmácias parceiras, das 8h às 17h, e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/UBSs Integradas, das 7h às 19h.

Veja locais e horários no website da prefeitura.

Rio de Janeiro

Neste sábado, a Prefeitura do Rio de Janeiro realiza a vacinação de crianças sem comorbidades com 6 anos ou mais. O público com deficiência permanente ou comorbidade já pode se dirigir às salas de vacinação.

Quem ainda não se vacinou ode receber a primeira dose. Para segunda aplicação, os intervalos são de 12 semanas para a AstraZeneca, 28 dias para a Coronavac e 21 dias para a Pfizer. O reforço é inoculado em maiores de 18 anos com quatro meses completos da segunda aplicação.

Os imunizantes são aplicados na rede municipal de saúde: UPAs, hospitais, centros de emergência regional, centros municipais de saúde, clínicas da família e centros de atenção psicossocial tipo II e III.

Veja locais e horários de vacinação.

Goiás

Neste sábado, crianças de 5 a 11 anos se vacinam em Goiânia no Centro de Vacinação Municipal (CMV) e na USF São Francisco. Já adolescentes a partir de 12 anos ou maiores de 18 anos podem procurar as UPAs Novo Mundo ou São Judas Tadeu.

Maiores de 12 anos também podem recorrer às vehicles da VacinAção. Neste sábado, o veículo estará na USF São Judas Tadeu.

Saiba mais detalhes no website da prefeitura.

Amazonas

Em Manaus, a campanha de vacinação contará com 20 pontos de atendimento neste sábado. Em nove locais poderão ser vacinadas as crianças de 5 a 11 anos e nos outros 11 pontos, o público a partir dos 12 anos de idade.

Para receber a primeira dose, crianças de 5 a 11 anos e adolescentes entre 12 e 17 devem estar acompanhados pelos pais ou uma pessoa maior de 18 anos. Também é necessário apresentar documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS (CNS). Para os de 18 anos ou mais, basta levar o documento de identidade authentic, com foto, e o CPF.

A segunda dose também é aplicada de acordo com os intervalos pré-estabelecidos. A dose de reforço é aplicada quatro meses depois da segunda dose.

Podem receber a quarta dose pessoas que tenham imunodeficiência primária grave, indivíduos em tratamento de câncer, transplantados, pessoas vivendo com HIV/Aids, pacientes de hemodiálise e outras complicações de saúde.

Veja mais detalhes na página da prefeitura.

Paraná

A Prefeitura de Curitiba antecipa o público que foi convocado para a repescagem neste sábado e amplia o atendimento para todas as crianças nascidas em 2012. A baixa procura pela vacinação motivou a decisão.

Serão 27 locais com atendimento das 8h às 17h. A Secretaria de Saúde orienta para que os responsáveis façam o cadastro prévio da criança no aplicativo Saúde Já. Crianças acompanhadas pelo SUS de Curitiba já estão cadastradas.

Veja locais e horários.



Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here