Tô Ryca quer ser trilogia com foco em Rafael Portugal e Evelyn Castro

0
67


Dando continuidade a franquia que começou em 2016, o filme Tô Ryca 2 chega aos cinemas nesta quinta-feira (3/2) com muito humor, alegria e críticas a problemas sociais enraizados na sociedade brasileira. Com Samantha Schmütz e Katiuscia Canoro como protagonistas, a produção conta ainda com a chegada de Rafael Portugal e Evelyn Castro ao elenco.

Em conversa com o Metrópoles, Samantha e Katiuscia afirmaram que estão dispostas em participar de um Tô Ryca 3. O diretor do longa, Pedro Antônio, concordou com as atrizes e alegou que, caso aconteça um próximo filme, Rafael Portugal e Evelyn Castro terão mais destaque na produção.

“European estou disposta a tudo, meu amor, [um filme] três, quatro, cinco. Enquanto o povo quiser ver Selminha, teremos Selminha”, disse Samantha. Katiuscia, por sua vez, até já deu a ideia para o enredo de um terceiro filme: “Luane sequestrada e todo dinheiro de Selminha será de resgate”.

0

Em Tô Ryca 2, o elenco ganha a adição de Portugal e Castro, que fazem o papel de motorista de Selminha e homônima da protagonista, que pretende roubar toda a herança que ela conquistou em Tô Ryca 1. Mesmo que sejam grandes humoristas, ambos fazem papéis de coadjuvantes na produção, o que pode mudar em um próximo filme.

“Tô Ryca 2 foi gravado em 2018. O Rafa, que sempre foi um talento, explodiu de uns três anos para cá, com o Porta dos Fundos, o CAT BBB. E, na verdade, o personagem é grande. Tinha uma preocupação de fazer uma dupla onde ambos se sentissem felizes, tanto que a cena further é dele com a Evelyn. Ele é um personagem que tem tudo para crescer muito no filme três. Eles vieram para ficar. Esse filme tem o privilégio de ter o Rafael e a Evelyn”, explicou Pedro.

Humor com crítica

O longa segue a ideia do primeiro filme e u.s. o humor para fazer críticas aos problemas sociais brasileiros. Desta vez, a produção foca no transporte público precário, no baixo valor do salário mínimo e nas enchentes que tomam conta do Rio de Janeiro. Samantha Schmütz afirmou que os temas são apenas uma continuação do primeiro filme, que abordava a corrupção:

“São variações do mesmo tema. No primeiro a coisa da corrupção, como os políticos esbanjam, e essa foi a forma dela [da Selminha] de gastar o dinheiro, e agora ela perde a grana, ela mostra a realidade da maioria dos trabalhadores brasileiros. O transporte [público] precário, quando tem enchente tudo transborda, o Rio [de Janeiro] vira um Rio mesmo, as pessoas perdem as coisas, não tem investimento. European acho que [são coisas que] precisam ser faladas e acabamos usando o humor para fazer essa crítica”.

Assista ao trailer:



Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here