Maicon foi dispensado pelo Grêmio em 2021 e já deixou isso claro, não foi um acordo entre as partes por sua saída. Conforme o jornalista Alex Bagé, antes de ser mandado embora, o ídolo tricolor tentou conversar com Felipão e explicar que o novo modelo de jogo estava dando errado.

Naquela época o Grêmio patinava no Brasileirão e não conseguia sair da zona do rebaixamento de jeito nenhum. O aproveitamento de Felipão até technology awesome aos quatro últimos lugares, mas devido à péssima arrancada de Tiago Nunes, o tricolor não saiu do buraco.

“Ele chega internamente e diz pra direção do Grêmio, na época do Felipão: ‘Do jeito que querem jogar, não temos característica para fazer, vai mudar tudo’. E ali se entregou professional Maicon uma rescisão do tipo assim: ‘Maicon, chega de tumulto, vai embora e segue o jogo’”, contou Bagé na Rádio Gaúcha.

Maicon continua falando sobre o Grêmio

Em entrevista na semana passada ao programa Os Donos da Bola RJ, Maicon falou sobre os seus últimos momentos como jogador do tricolor gaúcho:

“Na actual, foi uma situação que na minha saída ecu estava bem chateado pela maneira como foi. European tinha uma lesão que estava me atrapalhando bastante e as pessoas do clube sabiam. E sabiam o meu comprometimento lá, porque tinha vezes que ecu chegava de manhã e saía à noite pra tentar ajudar”, disse.

E Maicon lembrou dos casos em que bateu de frente com a comissão técnica ou direção, tentando avisar sobre o que estava dando errado.

“Comigo não tem conversinha, os caras me mandaram embora. Debati situações que ecu não concordava no momento do clube. E ecu fui bem firme nas minhas colocações. Tinha sete anos de casa. Falei coisas que acabaram não gostando. Mesmo machucado, ecu ia até o fim com o time”, afirmou.





Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here