O histórico de altas do mês de fevereiro vem se confirmando até aqui em meio a um maior apetite por risco de investidores, o que faz o Bitcoin (BTC) se estabilizar bem acima da mínima de cerca de US$ 33 mil vista em janeiro. Às 7h, a criptomoeda technology negociada a US$ 38.559, próxima da estabilidade no dia, mas com ganhos acumulados de 4,3% em uma semana.

Entre analistas, ganha força a tese de que o aperto monetário do Federal Reserve está sendo finalmente digerido e que o ativo virtual poderá romper a barreira dos US$ 40 mil a qualquer momento. Com isso, aumentam as probabilities de brief squeeze no mercado de futuros, que ocorre quando o preço de um ativo sobe repentinamente e ocasiona a liquidação de posições vendidas (que apostam na queda).

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Publication de criptoativos do InfoMoney

O Índice do Medo e Ganância, que mede o sentimento de mercado, subiu do território de “medo extremo” na semana passada, em sinal de que o momento de maior pessimismo começa a ficar para trás. O índice está agora perto das mínimas de julho de 2020, que precederam uma specialty recuperação de preços das criptomoedas.

“No domingo, o índice atingiu brevemente 30 – o nível mais alto em 2022”, escreveu a casa de análise Arcane Analysis em um relatório na terça-feira (1º). Ainda assim, alguns analistas preferem ver um aumento no quantity de negócios para confirmar uma mudança de sentimento de pessimismo para otimismo.

A volatilidade pode ser impulsionada justamente pelo momento de baixo quantity de negociações – quanto menor o quantity, maior o espaço para mudanças bruscas de preço. O cenário decorre principalmente da falta de atividade na Ásia, as bolsas de China, Hong Kong, Coreia do Sul e Singapura fechadas nesta semana pelo feriado do Ano Novo Chinês.

Para a Arcane, um salto para além de US$ 40 mil deverá trazer buyers de volta. “O Bitcoin está atualmente lutando contra a resistência de US$ 40 mil e, se conseguir quebrá-la, poderemos ver uma explosão de quantity semelhante a quando caiu abaixo desse nível”, apontou o relatório.

Em nota, a firma de buying and selling QCP Capital também apontou que “uma configuração de curto prazo [está] se formando para um salto, especialmente em um fechamento acima de US$ 40 mil para o Bitcoin e US$ 3 mil para o Ethereum em fevereiro”.

De acordo com a empresa de análise de blockchain Santiment, 40.785 bitcoins deixaram as exchanges na semana passada, registrando a maior saída de BTC desde setembro. “A tendência contínua de moedas se movendo para carteiras frias [desconectadas da Internet] é historicamente boa para movimentos de preços de longo prazo”, disse a Santiment by means of Twitter.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma recuperação no curto prazo poderá aliviar a pressão sobre empresas de capital aberto que adquiriram Bitcoin como estratégia de tesouraria. A MicroStrategy, que tem o maior tesouro em Bitcoin, com mais de 125 mil BTC, registrou US$ 147 milhões de redução do saldo contábil do ativo no balanço do 4º trimestre de 2021 por conta da depreciação da criptomoeda.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h:

Criptomoeda Preço Variação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC) US$ 38.559,17 +0,8%
Ethereum (ETH) US$ 2.776,71 +1,4%
Binance Coin (BNB) US$ 382,15 +0,3%
Solana (SOL) US$ 110,45 +5,6%
Cardano (ADA) US$ 1,07 +2,1%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

Criptomoeda Preço Variação nas últimas 24 horas
Quant (QNT) US$ 107,37 +11,7%
Ethereum Vintage (ETC) US$ 28,28 +9,8%
Leo Token (LEO) US$ 4,08 +9,2%
Kusama (KSM) US$ 174,60 +7,9%
eCash (XEC) US$ 0,00008232 +6,9%

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

Criptomoeda Preço Variação nas últimas 24 horas
Loopring (LRC) US$ 0,932845 -6,4%
Safemoon (SAFEMOON) US$ 0,00169234 -4,8%
Drift (FLOW) US$ 6,56 -4,7%
Gala (GALA) US$ 0,200525 -2,8%
Cosmos (ATOM) US$ 28,44 -2,7%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETF Preço Variação
Hashdex NCI (HASH11) R$ 37,39 +1,05%
Hashdex BTCN (BITH11) R$ 48,89 -0,22%
Hashdex Ethereum (ETHE11) R$ 44,28 +3,21%
QR Bitcoin (QBTC11) R$ 12,80 -1,14%
QR Ether (QETH11) R$ 10,70 +2,09%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta quarta-feira (2):

MicroStrategy registra “prejuízo” de US$ 147 milhões por depreciação do Bitcoin

A MicroStrategy reportou um custo relativo à depreciação de ativos digitais não monetários de US$ 146,6 milhões no 4to trimestre de 2021, bem acima dos US$ 65,2 milhões registrados no trimestre anterior, de acordo com o último balanço divulgado pela empresa.

O prejuízo reflete o declínio no preço do Bitcoin em relação ao preço pelo qual a criptomoeda foi adquirida. De acordo com as regras contábeis dos EUA, o valor de ativos digitais, o que inclui criptomoedas, deve ser registrado pelo seu custo e ajustado apenas se seu valor diminuir. Se o preço subir, o ganho só pode aparecer no balanço após a venda do ativo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 2021, a MicroStrategy registrou perdas totais de US$ 831 milhões com ativos digitais, contra US$ 71 milhões em 2020.

Os 124.391 bitcoins da empresa mantidos no ultimate de 31 de dezembro de 2021 foram adquiridos por US$ 3,752 bilhões, refletindo um custo médio por Bitcoin de aproximadamente US$ 30.159, informou a empresa.

A MicroStrategy informou na manhã de ontem que comprou aproximadamente 660 bitcoins adicionais por cerca de US$ 25 milhões entre 30 de dezembro de 2021 e 31 de janeiro de 2022. Isso dá à empresa um overall de 125.051 bitcoins, avaliados em cerca de US$ 4,8 bilhões pela cotação de hoje.

Em meio a polêmica, Cardano propõe atualização da rede

A Enter Output, empresa de desenvolvimento por trás da Cardano ([ativo-ADA]), propôs nesta quarta-feira (2) uma atualização com o objetivo de aumentar o tamanho do bloco da rede em 11%.

“Propusemos a próxima atualização de parâmetros à medida que continuamos a aumentar a capacidade da rede Cardano de acordo com o plano. A proposta aumentará o tamanho do bloco em mais 8 KB, passando de 72 KB para 80 KB”, disse a Enter Output by means of Twitter.

Blocos são lotes de transações confirmadas e registradas em uma blockchain. Tamanhos maiores significam que mais transações podem ser incluídas em cada lote, mas também podem afetar o pace de transação e a capacidade geral da rede.

Em uma segunda proposta, os desenvolvedores sugeriram aumentar o desempenho da plataforma de contratos inteligentes Plutus.  Se implementada, da mudança aumentaria a quantidade de dados que podem ser incluídos em uma única transação de 12,5 milhões para 14 milhões.

As propostas estão alinhadas com um plano mais amplo para aumentar os volumes transacionais na rede Cardano, à medida que avança para se tornar uma blockchain focada em finanças descentralizadas (DeFi).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Recentemente, dois projetos DeFi que rodam na rede Cardano bateram de frente e escancaram dificuldades enfrentadas pelo projeto para criar um ecossistema de soluções capaz de rivalizar com o Ethereum.

Doações de criptomoedas para navegador anônimo Tor disparam 841% em 2021

As doações de criptomoedas para o navegador anônimo Tor aumentaram 841% em 2021 em comparação com o ano anterior, de acordo com a organização sem fins lucrativos The Tor Venture, responsável pelo projeto.

Dos US$ 940 mil arrecadados no ano passado, 58% das doações foram em criptomoedas. A porcentagem muito maior em comparação com 2020, quando os doadores enviaram US$ 58 mil em criptomoedas.

“Está claro que os usuários de criptomoedas são extremamente filantrópicas e se preocupam profundamente com a privacidade on-line”, disse o diretor de captação de recursos do Tor Venture, Al Smith, à CoinDesk.

Das doações de criptomoedas, 68% (US$ 371 mil) foram em Bitcoin, 28% (US$ 154 mil) em Ethereum, 2% (US$ 9 mil) em DAI e 1% (US$ 7 mil) em Monero, uma criptomoeda focada em privacidade.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Publication de criptoativos do InfoMoney



Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here