4 opções com poderes medicinais para ter em casa

0
55


O pace de isolamento durante a pandemia da Covid-19 incentivou muitas pessoas a criar plantas em casa. Além de deixar o ambiente mais bonito e aconchegante para passar os dias, o cultivo delas é uma prática terapêutica que ajuda a melhorar o humor.

Existem incontáveis espécies que podem ser levadas para dentro de casa ou de um apartamento. Os benefícios se tornam ainda maiores quando as plantinhas podem ser utilizadas de forma terapêutica, no preparo de chás caseiros, pomadas, cremes e receitas que estimulam o metabolismo e aliviam problemas emocionais, por exemplo. Veja algumas opções:

Aloe vera

Também conhecida como babosa, a polpa da aloe vera pode ser utilizada para hidratar os cabelos e a pele ou como uma pomada herbal para a cicatrização de queimaduras.

A planta é rica em magnésio, potássio, vitamina C e iodo, além de substâncias ativas regeneradoras e anti-inflamatórias como a aloína, glucomanano e traquinona. Por se tratar de uma seiva, ela ainda possui antifúngicos poderosos que podem tratar caspa ou micose de unha.

Arnica

A arnica é uma planta medicinal rica em flavonoides e compostos fenólicos que têm propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, antimicrobianas, antioxidantes e anticoagulantes.

Suas flores podem ser utilizadas em chás, pomada ou óleo de aplicação externa para o tratamento de vários problemas de saúde, como contusões, dores reumáticas, escoriações, dores musculares, dor de dente e gengivite, varizes e hemorroidas, por exemplo.

É importante destacar que a arnica não deve ser ingerida, pois pode causar intoxicação e provocar vários efeitos colaterais, como náuseas, vômitos, falta de ar, problemas cardíacos e até o aborto. Por isso, seu uso deve ser orientado por um médico ou profissional de saúde com experiência no uso de plantas medicinais.

Camomila

Além de embelezar a casa, as flores da camomila podem ser utilizadas quando estão secas na preparação de chás para combater a insônia, má digestão, cólica menstrual ou cicatrização de feridas e ansiedade. A flor também pode ser usada para fazer inalações, banhos de assento, compressas ou pomadas.

A erva medicinal é rica em compostos fenólicos, glicosídeos e óleos essenciais que lhe conferem propriedades calmantes, antiespasmódicas, anti-inflamatórias, cicatrizantes e antimicrobianas.

Lavanda

A lavanda, ou alfazema, é uma planta medicinal versátil. Ela pode ser utilizada em forma de chá, óleos essenciais ou aromaterapia para tratar distúrbios de ansiedade, depressão, reduzir a enxaqueca, o estresse, melhorar a qualidade do sono e a má digestão devido às suas propriedades calmantes, relaxantes, antiespasmódicas, analgésicas e antidepressivas.

Também é indicada para a prevenção do envelhecimento precoce, por exemplo.

0

Cultivo

As ervas terapêuticas podem ser cultivadas dentro de casa, mas é importante levar alguns fatores em consideração, como explica a florista Juana Martinez, parceira da Flores On-line.

O ambiente deve receber pelo menos cinco horas de sol diárias e o solo onde as ervas serão plantadas deve ter boa drenagem. “A maioria das plantas medicinais reproduz melhor em solos férteis, leves e arejados, com pH variando entre 6,0 e 6,5”, comenta a especialista.

“Antes de efetuar o cultivo de plantas medicinais, aromáticas e condimentares, é necessário que o produtor conheça as principais características botânicas que diferenciam visualmente uma planta da outra, e seus nomes científicos, a fim de evitar confusões, sobretudo, com espécies tóxicas”, afirma Martinez.

(Com informações do portal Tua Saúde)



Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here