Elon Musk oferece R$ 26,5 mil para convencer adolescente a excluir perfil que rastreia seus voos

0
72

[ad_1]

O magnata Elon Musk está incomodado com o fato de o mundo da web saber toda vez que ele pousa e decola de seu jato explicit — e mais: até a duração de cada viagem está disponível a um clique nas redes sociais.

O responsável por manter a vigilância sobre os deslocamentos de Musk só tem 19 anos e ganhou os holofotes por recusar US$ 5.000 ou R$ 26,5 mil, na cotação de hoje, do dono da Tesla para deixar de rastreá-lo.

O jovem Jack Sweeney vive na Flórida e mantém uma conta no Twitter que informa as viagens aéreas de Musk. O perfil ElonJet possui pouco mais de 200 mil seguidores e tuíta toda vez que o executivo viaja.

Musk, segundo reportagem da CNN dos Estados Unidos, ficou tão incomodado com o adolescente que resolveu ele mesmo entrar em contato com Sweeney, por meio de uma mensagem direta, pedindo para que o perfil do Twitter fosse deletado.

A CNN disse que o executivo escreveu que está correndo o risco de ser seguido por “pessoas malucas”.

O jovem, também citado pela reportagem da CNN, disse que fez uma contraproposta a Musk: exigiu US$ 50 mil ou R$ 265 mil para excluir a conta. O dinheiro, segundo o adolescente, seria usado para o custeio de sua faculdade ou para adquirir um Tesla Style 3.

Musk e Sweeney trocaram mensagens pela última vez no dia 19 deste mês e, na ocasião, o empresário não aceitou aumentar o valor de sua proposta para deixar de ser vigiado. O rapaz também sugeriu uma oportunidade de estágio na empresa de Musk, mas não obteve resposta.

Fã da SpaceX

Jack Sweeney diz ser fã da SpaceX, outra companhia de Musk cujo feito foi ter levado em uma nave espacial quatro não astronautas à órbita da terra no ano passado.

Segundo o adolescente, a recusa pela proposta de Musk ocorreu porque os 5 mil dólares são bem menos do que ele ganha com o perfil ativo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sweeney disse que, mesmo não aceitando a proposta de Musk, deu alguns conselhos para o executivo instalar programas de bloqueio que poderiam impedir o rastreamento de seus voos.

A recomendação, disse o adolescente, parece ter sido seguida por Musk, mas não foi suficiente para travar as atualizações do ElonJet, que segue informando cada viagem feita pelo bilionário.

O estudante também mantém, além do ElonJet, outros robôs que rastreiam voos de Invoice Gates e Jeff Bezos. A dupla de bilionários, porém, parece não se incomodar com isso.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:

[ad_2]

Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here