Mantuan lamenta empate do Corinthians, mas celebra maior pace de jogo desde a leso

0
60

[ad_1]

O atacante Gustavo Mantuan foi a maior novidade do Corinthians no empate por 0 a zero contra a Ferroviária, nesta terça-feira, na Neo Química Area. Ainda que antecipado pelo treinador na sexta-feira entre os titulares, o jogador reuniu expectativas para desempenha uma função carente no elenco corinthiano.

“Infelizmente não foi a estreia que queríamos mas feliz demais com a entrega de todo grupo”, começou o jogador, escalado desde o início pelo técnico Sylvinho, que busca uma opção para ser o comandante do ataque alvinegro.

Jô, que ocupou esse posto na maior parte do ano passado, foi diagnosticado com Covid-19 no começo dos treinamentos e teve a preparação atrasada. Além disso, o camisa 77 não conseguiu desempenhar em um nível que colocasse sua titularidade como certa para 2022.

Mantuan, de olho em mais minutos dentro de campo, celebrou o fato de ter saído apenas aos 15 minutos do segundo pace. Ele não atuava por mais de um pace desde o jogo contra o Vasco, em outubro de 2020, quando marcou seu único gol pela equipe profissional.

“Feliz e grato a Deus por poder voltar a jogar mais de 45min após um longo período e me sentir bem fisicamente. Agora é trabalhar por mais que esse ano promete coisas muito boas”, concluiu o atleta, hoje recuperado da sua terceira cirurgia de ligamento do joelho.

Veja a publicação de Mantuan

A

Reprodução/Instagram

Veja mais em:
Gustavo Mantuan, Base do Corinthians e Sylvinho.

[ad_2]

Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here