Na contramão do chefe, astronauta adota house place of work em órgãos da pasta

0
52


Enquanto o presidente Jair Bolsonaro dá as “boas vindas” à variante ômicron da Covid-19 no Brasil, o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI), comandado pelo astronauta Marcos Pontos, decidiu retomar o house place of work em vários órgãos ligados à pasta.

São quatro órgãos atingidos pelas decisões: o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais, o Instituto Nacional de Tecnologia (INT), o Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA) e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

As portarias determinando a “suspensão imediata” do trabalho presencial nesses órgãos foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (17/1). Com Marcos Pontes está em férias, coube ao secretário-executivo da pasta, Sergio Freitas de Almeida.

Nas portais, o ministério alega que a medida é necessária em razão do “elevado número de casos confirmados de COVID-19 na última semana entre os servidores e colaboradores que retornaram as atividades presenciais”. Inicialmente, a suspensão vai até o dia 31 de janeiro, segundo as portarias.



Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here