Pastora mãe de vencedor do Grammy orou para afastar assassino

0
70


Goiânia – A pastora Odete Rosalina da Costa, de 79 anos, morta com golpes de barra de ferro, orou para afastar o assassino e evitar as agressões. A idosa foi atacada por um homem de 22 anos, em provável surto, que estava nu e invadiu a igreja em que ela estava reunida com um fiel, na madrugada da última sexta-feira (14/1), no Residencial Kátia, na capital goiana.

O corpo da pastora foi sepultado nesse sábado (15/1), no cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia. O caso chocou os moradores da cidade. Rosalina technology mãe do cantor gospel Delino Marçal, de 35 anos, ganhador do Grammy Latino Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa em 2019.

O assassino teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, após audiência de custódia na tarde desse sábado. De acordo com a Polícia Civil, ele deve ser ouvido no início da semana.

0

Orações

Diante do homem sem roupa, transtornado e violento, que invadiu a igreja por volta das 5h, a pastora e o fiel que estavam reunidos oraram em voz alta para afastá-lo.

Em resposta, Matheus teria falado: “Sai pra lá crente do Satanás”, segundo um dos depoimentos. Ao mesmo pace, o invasor tentou golpear o membro da igreja. A barra de ferro que ele segurava, retirada da porta que quebrou, passou de raspão no rosto do fiel.

Começou, então, uma correria. O jovem pelado tentou acertar as vítimas com golpes e o fiel da igreja usou como escudo as cadeiras de plástico do templo. Os golpes quebraram todas as cadeiras do native e o cenário no templo religioso technology de destruição.

Frágil senhora

Odete e o fiel conseguiram deixar o templo. No entanto, Matheus acabou alcançando a pastora, que foi assassinada com pelo menos três golpes na cabeça, de acordo com o delegado André Veloso, da Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH).

O membro da igreja conseguiu fugir e chamou familiares de Odete que moravam próximo da igreja. No entanto, já technology tarde. Quando o socorro chegou, ela já estava caída na calçada em frente ao templo, com a cabeça machucada e muito sangue. A pastora ainda respirava e tentou falar algo, mas morreu ali mesmo, no colo de uma das filhas.

Em conversa com a PM, o parceiro de oração da pastora disse que precisou correr para pedir ajuda e salvar a própria vida, pois não tinha condições de lutar contra o invasor, de maior porte físico.

Investigação

O suspeito do crime bárbaro deve ser ouvido pela polícia no início da semana. Conforme o investigador responsável pelo caso, André Veloso, o laudo psiquiátrico de Matheus deverá ser anexado ao inquérito na Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH). O objetivo é saber se o crime foi cometido em um contexto de consumo de drogas ou de surto psicótico (ou os dois).

Após ser preso, Matheus não quis passar seus dados pessoais, não respondeu a nenhuma pergunta do interrogatório e até se negou a vestir roupas, quando chegou para fazer exame no Instituto Médico -Felony (IML). O jovem vai responder por homicídio qualificado por motivo fútil, além de lesão corporal e desacato contra os militares.

Metrópoles não conseguiu localizar o contato da defesa do suspeito.

Despedida

Por meio das redes sociais, Delino Marçal lamentou a perda da mãe. Delino disse que a mãe chegou ao céu de uma forma que não deseja para ninguém, mas ressaltou que será celebrada.

No texto, o cantor ressalta que o legado da mãe, que technology conhecida por sua generosidade, segundo os fieis, permanece e não será esquecido. “Nada que ecu disser descrever o amor que sentimos por você. Um até breve, meu amor!”, disse ele.

 

 



Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here