Emblem mais, o Grêmio volta a campo para mais uma decisão pela Copinha. Às 17h15, o time dirigido por Luís Eduardo encara o Novorizontino, pela terceira fase da competição, e Kauan Kelvin, um dos principais destaques do time, deve estar em campo. Inclusive, o atacante, que já marcou três gols na disputa nacional, foi tema de uma profunda análise feita pelo jornalista Vagner Martins, em seu canal no YouTube.

Rumor: Atacante chileno é oferecido ao Grêmio

Jogador do Grêmio recebe proposta de dois instances paulistas

Grêmio: Copa do Brasil pode ter seu valor inflado e ter premiação ainda maior

De acordo com Vaguinha, como também é conhecido, o atleta tem amplas condições de estar entre os profissionais do Tricolor. Ao longo do vídeo, o jornalista exaltou as qualidades do atleta.

 “Havia uma expectativa de que ele já fosse aparecer nesse último ano no time de transição, mas não apareceu. Agora na Copinha ele apareceu no time, joga atrás do centroavante. É um atacante de área, de muita movimentação. Tem uma facilidade para fazer gol que é impressionante”, pontuou Vagner Martins.

Jornalista questiona a ausência de Kauan Kelvin no grupo fundamental do Grêmio

No entanto, o comunicador foi mais além. Durante sua explanação, ele questionou a posição do Imortal de não subir o jogador ao grupo fundamental neste momento.

“O processo de maturação é algo que é cientifico e precisa acontecer, mas o Grêmio tem que pensar fora da ‘casinha’, fora da ‘caixinha’. Porque o Endrick, do Palmeiras, com 15 para 16 anos pode, já está treinando entre os profissionais? O Palmeiras vai jogar o Mundial de Clubes, em altíssimo nível. É um dos clubes mais ricos do futebol brasileiro, ao lado de Flamengo e Atlético-MG. Porque lá pode? Não tem processo de maturação lá? ”, destacou o jornalista, que entende que Endrick está em um patamar acima.

Vaguinha ainda confidenciou que teve uma conversa em off  recente com um treinador da base gremista. Sem expor o nome do profissional, o jornalista pontuou que para o jovem diferenciado (que no caso se trata de Kauan Kelvin) há um teto de crescimento, e quando ele é atingido pelo menino, não há mais nada para ensiná-lo. Dentro disso, segundo o que comunicador conversou com o técnico do Tricolor, a vivência em âmbito profissional nestes casos é a melhor solução para o desenvolvimento do jovem.

E você, torcedor, concorda com o ponto de vista do jornalista?

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o FbAssim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Fernando Vieira Sá / BHFOTO





Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here