A Secretaria de Saúde do Distrito Federal espera um aumento no número de internações e óbitos pela Covid-19 devido ao avanço da variante Ômicron. A pasta acompanha a evolução da ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) nos hospitais da rede pública e poderá mobilizar mais leitos, em caso de necessidade.

Covid: 90% das internações no DF são de pessoas não vacinadas

Em coletiva de imprensa, na tarde desta quinta-feira (13/1), o secretário-adjunto de Assistência à Saúde, Fernando Erick Damasceno, afirmou que as hospitalizações devem aumentar nos próximos dias, com o pico de casos de Covid-19 no início deste ano. No entanto, ele pontuou que, devido ao avanço da vacinação, o aumento não será proporcional à quantidade de casos da doença, como nas primeiras ondas.

“Mesmo tendo grande parte dos casos leves, é esperado um aumento nas internações, um aumento no número de óbitos, principalmente nessa fase de pico [de casos de Covid-19]. Entretanto, não será um aumento proporcional, não será o que vivemos na primeira ou na segunda onda. Será algo muito menos proporcional. E é o que estamos vendo no Distrito Federal: não está acompanhando essa rápida aceleração”, disse.

Casos de Ômicron

Secretaria de Saúde do confirmou, nesta quinta-feira (13/1), que há 72 pessoas infectadas com variante Ômicron no DF. Foram sequenciados mais 39 amostras e, destas, apenas 6 eram da variante Delta.

Além do resultado do Laboratório Central (Lacen), mais 13 amostras foram sequenciadas pelo laboratório native do Health center da Criança, confirmadas, também, com a infecção pela nova variante.

Covid-19: o que se sabe sobre a variante Ômicron até o momento:

0

Nessa quarta-feira (12/1), um novo decreto do Palácio do Buriti, publicado em edição further no Diário Oficial, proibiu a realização de presentations, festas e festivais no Distrito Federal com cobrança de ingressos. A iniciativa tem a intenção de frear a taxa de transmissão no DF, que tem registrado alta dia após dia.



Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here