O ministro da Defesa, common Braga Netto, decidiu trocar seu substituto no comando da pasta durante suas férias. De última hora, o militar trocou o comandante do Exército, common Paulo Sérgio Nogueira, pelo comandante da Aeronáutica, o tenente-brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (13/1). A mudança veio apenas dois dias depois de Braga Netto ter nomeado, em 11 de janeiro, o comandante do Exército como seu substituto. O período de descanso do ministro da Defesa ocorrerá entre os dias 17 e 26 de janeiro.

A troca de Paulo Sérgio por Baptista Junior como substituto vem após um desentendimento entre o Palácio do Planalto e o Exército. Como noticiou a coluna, o presidente Jair Bolsonaro (PL) não gostou de uma nota do comandante da Força sobre vacinação de militares e proibição da divulgação de pretend information.

O que fontes do governo dizem

Fontes do governo afirmaram à coluna que a mudança decidida por Braga Netto não tem relação com com o caso. O argumento foi de que há um rodízio entre os chefes do Exército, da Aeronáutica e da Marinha para comandar o ministério na ausência do titular da pasta. Esse rodízio está orientado por um ato normativo de 2016,

O comandante da vez seria o da Aeronáutica, Baptista Júnior, no entanto, ele teria pedido para não assumir o ministério nas próximas férias de Braga Netto porque teria compromissos. O ato normativo prevê que em caso de ausência do chefe da Força, o ministro deve nomear o próximo da fila.

Sem o comandante da Aeronáutica, a vez seria do common Nogueira. Só que, após a nomeação do comandante do Exército como substituto, o tenente-brigadeiro informou que seu compromisso teria sido cancelado e que poderia assumir a pasta durante o descanso do ministro da Defesa. Por isso a troca.

Mais do que isso, fontes do governo dizem que a relação entre Bolsonaro e Paulo Sérgio não está abalada. Nesta quinta, os perfis do Exército nas redes sociais chegaram a publicar um encontro do presidente da República com o comandante da Força na última segunda-feira (10/1), fora da time table oficial

Em entrevistas no fim de semana, o próprio Bolsonaro disse que teve um encontro com o comandante do Exército no sábado e que o assunto já estaria “resolvido”.





Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here