Facebook
Twitter
Google+
Pinterest
WhatsApp


Rio de Janeiro – O governador Cláudio Castro defendeu a manutenção dos desfiles na Marquês de Sapucaí apesar da progressão dos casos de Covid e influenza no estado.

“A posição do governo hoje é que os blocos de rua não vão acontecer e todo o carnaval que a gente conseguir fazer o controle, e aí entra a questão municipal, mas todos aqueles em que seja permitido o controle, inclusive a Marquês de Sapucaí, na radiografia de hoje, vai acontecer”, afirmou o governador.

0

Ainda de acordo com o governador, o secretário de Estado de Saúde Alexandre Chieppe e o conselho científico já debateram a questão, que não é unânime, mas aponta para a liberação da folia no sambódromo.

“Segundo o secretário Chieppe, no conselho consultivo algumas pessoas opinaram. Não foi uma opinião oficial do conselho, não tem ata publicada nenhuma. Entendemos que, por ser um conselho plural, alguns vão concordar e outros vão discordar. Não há uma opinião oficial”, disse.

Para Chieppe, o controle sanitário, com a apresentação do passaporte e e do teste negativo para o acesso, viabilizam a realização dos eventos em locais com controle de acesso.

“Nesse momento, considerando a tendência dessa transmissão, do que a gente vê em outros países, dela ser curta, dela durar pouco pace por conta da alta transmissibilidade desse vírus, é de que o carnaval da Sapucaí seja mantido, adotando os protocolos de segurança necessários”, disse o secretário de Estado de Saúde.

O titular da pasta acrescentou que não é possível, no momento, decidir sobre um evento que deve ocorrer daqui a dois meses, “à luz da situação epidemiológica atual”.



Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here