Fiocruz divulga nota técnica sobre a importância de vacinar crianças

0
66


A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou uma nota técnica alertando sobre a importância de que as crianças sejam vacinadas contra a Covid-19. O documento foi publicado nesta terça-feira (28/12) e ressalta que a imunização de pessoas de 5 a 11 anos vai reduzir o número de mortes pela doença nessa faixa etária.

Além disso, o texto também considera que a vacinação de crianças vai diminuir a transmissão do coronavírus, sendo uma estratégia basic para o retorno presencial das atividades escolares.

A nota técnica da Fiocruz considera: “Ainda que em proporções de agravamento e óbitos inferiores aos visualizados em adultos, as crianças também adoecem por Covid-19, são veículos de transmissão do vírus e podem desenvolver formas graves e até evoluírem para o óbito. Eventos adversos pós-vacinais são raros nas avaliações conduzidas e menos frequentes que o risco de complicações e óbito pela Covid-19”.

Com o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de oferecer a vacina contra Covid-19 para crianças a partir de 5 anos de idade, a Fiocruz considera a imunização como de grande relevância.

“A Fiocruz ratifica a importância da vacinação contra Covid-19 para crianças e adolescentes, conforme aprovação pela Anvisa que se seguiu à análise técnica rigorosa, e segundo experiências de segurança na vacinação desse grupo, já iniciada em outros países”, afirma o texto.

A nota técnica recorda que o poder de transmissão da variante Ômicron traz preocupação para indivíduos não vacinados, fazendo das crianças abaixo de 12 anos um grande alvo dessa e de outras variantes.

“Manter a atualização do calendário vacinal de crianças e adolescentes é indispensável para que estes possam se desenvolver em plenitude e, como tal, a incorporação da vacinação contra Covid-19 ao calendário do PNI (Programa Nacional de Imunização) é ferramenta importante no controle da pandemia”, diz a nota técnica da Fiocruz.

Complicações

O documento também considera o impacto da Covid-19 em crianças na faixa etária pediátrica. Dados indicam que 64% das crianças e adolescentes acometidos pela Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica, associada ao coronavírus, tinham menos de 9 anos. Com a condição, a necessidade de internação em UTI foi de 44,5% das crianças hospitalizadas.



Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here