Veja quem pode se vacinar nesta sexta (24/12) em SP, RJ, MG e MS

0
83

[ad_1]

Com o Conecte SUS fora do ar por 13 dias, depois da invasão hacker aos sistemas do Ministério da Saúde, a população ficou sem conseguir emitir o certificado de vacinação contra a Covid-19 até essa quinta-feira (23/12), quando a plataforma voltou ao ar, ainda instável.

Nesta véspera de Natal, nem todas as cidades terão postos de imunização abertos. Para ter as informações mais atualizadas, é importante procurar os portais das prefeituras, com detalhes de horários e locais para vacinação.

Veja como será a vacinação em algumas capitais do país nesta sexta-feira (24/12):

São Paulo

Maiores de 18 anos que receberam a segunda dose há, no mínimo, quatro meses, podem ser inoculados com a dose de reforço. Quem recebeu a Janssen há dois meses também está elegível para tomar a dose additional.

Já imunossuprimidos graves com mais de 18 anos recebem o reforço depois de 28 dias. Adolescentes entre 12 e 17 anos podem se imunizar com a vacina da Pfizer.

Quem tomou a vacina da AstraZeneca/Oxford pode retornar a partir de oito semanas. O intervalo é de 21 dias para quem foi vacinado com Pfizer.

É possível se vacinar nos postos de Assistência Médica Ambulatorial (AMA) ou nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) destinadas à imunização contra a Covid, das 7h às 19h. Os drive-thrus, megapostos e farmácias também aplicam a vacina, das 8h às 17h. Os endereços podem ser acessados na página da prefeitura.

Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio de Janeiro aplica a dose de reforço em pessoas com 56 anos ou mais que tenham completado um intervalo de três meses desde a última dose. Para maiores de 18 anos, o hiato é de cinco meses.

Imunossuprimidos com mais de 12 anos recebem a dose additional depois de 28 dias. Maiores de 12 anos na população geral estão elegíveis para receber a primeira dose do imunizante.

As unidades de saúde aplicam a segunda dose de acordo com os intervalos: doze semanas para AstraZeneca, 28 dias para Coronavac e 21 dias para Pfizer.

Os imunizantes são aplicados na rede municipal de saúde: UPAs, hospitais, centros de emergência regional, centros municipais de saúde, clínicas da família e centros de atenção psicossocial tipo II e III. Veja os endereços e horários.

Minas Gerais

Em Belo Horizonte, a prefeitura aplica dose de reforço para pessoas com deficiência permanente (com e sem BPC) e síndrome de Down, a partir de 18 anos. Além de gestantes e puérperas, cuja information da segunda dose tenha completado 4 meses.

Na véspera de Natal, as equipes da cidade também realizam a repescagem de segunda dose de Pfizer para pessoas de 30 a 12 anos, cuja primeira dose tenha, pelo menos, 21 dias. Para se imunizar, adolescentes de 12 a fifteen anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis ou apresentar a autorização preenchida.

Maiores de 12 anos podem receber a primeira dose nas salas de vacinação.

Veja horários e locais de vacinação.

Mato Grosso do Sul

A Prefeitura de Campo Grande realiza plantão para vacinação contra a Covid-19 com aplicação da primeira, segunda e terceira doses. Estão elegíveis para a dose de reforço pessoas que tomaram a primeira dose do imunizante da Janssen até o dia 23 de julho.

A aplicação da dose de reforço segue para pessoas com 18 anos ou mais, que tomaram a segunda dose até o dia 23 de agosto. Assim como para as pessoas com alto grau de imunossupressão, de 18 anos ou mais, que tenham recebido a segunda dose há pelo menos 28 dias.

Quem tomou a primeira dose de AstraZeneca até 23 de outubro, Coronavac até 2 de dezembro ou Pfizer até o dia 3 de dezembro já pode tomar a segunda dose. A primeira dose está disponível para todas as pessoas acima de 12 anos.

Saiba onde se vacinar em Campo Grande.

[ad_2]

Supply hyperlink

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here