financiar apartamento, Comprar seu primeiro imóvel e realizar o sonho de ter casa própria é o desejo da maioria dos brasileiros que ainda vivem de aluguel. Veja tudo sobre hipoteca ou empréstimo com imóvel de garantia aqui em nosso site.

Se está a planear comprar um imóvel mas ainda tem dúvidas sobre como adquiri-lo Se pretende financiar uma habitação, reunimos 7 dicas para o ajudar!

É muito comum o surgimento de dúvidas na hora de comprar um imóvel. Além do mais, é de importância procurar de forma tranquila a melhor forma para fazer o pagamento e um imóvel com um valor que caiba no seu bolso, para que possa financiar o seu apartamento sem problemas!

Neste artigo vamos ajudá-lo a tirar as suas dúvidas sobre como financiar apartamento e já começar o processo para financiar o seu se você está pensando em adquirir um.

Entenda sobre a sua renda para financiar apartamento

Em primeiro lugar, para financiar apartamento, você precisa saber quanto está ganhando e calcular sua renda familiar mensal. Com a soma desses valores, é possível aumentar as possibilidades de aprovação de crédito para financiamento junto a instituições financeiras.

Esse cálculo é feito usando a soma dos rendimentos brutos individuais de todos os residentes da mesma casa. Veja abaixo.

Renda bruta individual = salários + adicionais + pensões + pensões + outras fontes de renda

A renda bruta individual de Janaína é de R $ 2.000,00. Janaína, por exemplo, é professora primária e ganha R $ 1.500 por mês. Além disso, ela ganha uma renda adicional com as mensalidades do final de semana e consegue garantir mais R $ 500,00 por mês.

Seu marido Carlos ganha cerca de R $ 1.600,00 por mês no trabalho e recebe uma Pensão de R $ 200,00. Com isso, a renda bruta individual de Carlos é de R $ 1.800,00.

Agora que foi apurada a renda individual de cada morador, é hora de calcular a renda mensal da família!

Portanto, some os valores previamente determinados. temos acesso à renda familiar de Janaína que equivale a R $ 3.800,00.

Vê como é fácil? Caso ainda tenha dificuldades com esses cálculos, peça ajuda a um de nossos corretores de imóveis.

Para financiar apartamento, você precisa organizar as despesas, finanças e cortar seus gastos desnecessários!

Corte gastos desnecessários para financiar apartamento

Para evitar despesas desnecessárias pode parecer bobo à primeira vista. No entanto, essas pequenas despesas, que não são estritamente necessárias, podem atrapalhar seu orçamento sem que você perceba!

Para isso é necessário organizar as finanças e colocar em papel todas as despesas que são necessárias ao bem-estar são essenciais para a sua família como alimentação, água e luz, internet, telefone etc. Se souberes disso, podes apurar os custos desnecessários e assim, poupar algum valor para colocar no financiamento Investindo no teu apartamento.

Uma forma simples de economizar é transferir dinheiro adicional, por exemplo, em sua conta corrente, para a conta poupança.

Mas para ficar sabendo o valor que você está Tendo que aplicar para, financiar apartamento, você precisa encontrar o preço da casa dos seus sonhos sem esquecer que o valor deve corresponder à realidade financeira de sua família!

Escolha financiar apartamento ideal para sua família

Quando escolher financiar apartamento, é preciso buscar um imóvel que esteja de acordo com às suas necessidades e se enquadre na sua realidade financeira. Pague, certo?

Para evitar futuras dores de cabeça, faça sua pesquisa! Só assim encontrará um imóvel que seja confortável para a sua família e que se enquadre no seu orçamento sem passar por gargalos.

Existem algumas coisas que você deve considerar ao escolher seu apartamento para financiar apartamento, por exemplo:

Qualidade do imóvel;
Localização;
Acessibilidade;
Quando o bairro está tranquilo;
Quando houver pontos de ônibus na região, hospitais, supermercados, escolas, faculdades e opções de lazer entre outros de acordo com sua necessidade.
Quando escolher financiar apartamento melhor para você e sua família, é momento de escolher o tipo de financiamento que melhor se adapta às suas necessidades.

Entenda como financiar apartamento

Se pretende comprar o seu primeiro imóvel mas ainda não sabe como financiar um apartamento, é hora de perceber como funciona esta forma de pagamento e o que é necessário para reclamar o valor do imóvel.
<br > Financiamento Imobiliário é um programa oferecido pelos bancos para a aquisição de imóveis por construtoras.

Você não precisa ser cliente do banco ao qual está solicitando o empréstimo. No entanto, se você for, será mais fácil obter a aprovação do empréstimo.

Isso ocorre porque o banco conhece as transações em sua conta! Assim, fica fácil comprovar que você pode pagar o financiamento.

As linhas de crédito variam de acordo com a renda de cada comprador, portanto os valores são ajustados à realidade financeira de quem concluiu o pedido!
< br> Uma das principais características do financiamento imobiliário são os longos prazos de amortização de até 35 anos para amortização do investimento.

Portanto, se você já decidiu como financiar um apartamento, é importante que você consiga um. Tem nomes limpos no SPC e no Serasa.

Tenha o nome limpo no Serasa e SPC

Financiar apartamento ou imóvel está disponível apenas para pessoas que não têm restrições no CPF.

Pra quem é casado, é importante que seu parceiro esteja com regularidade no SPC e também no Serasa, porque o financiamento é em ambos os nomes.

Além disso, se seu pedido de empréstimo for negado, seu cônjuge pode ser a segunda pessoa da lista.

Para saber o status do seu CPF, você pode se cadastrar no site da Serasa e realizar esta consulta online. Se você deseja agregar renda ao seu cônjuge, isso também é necessário para ele.

Ter um nome claro no SPC e na Serasa é extremamente importante para a aprovação de seu pedido de empréstimo hipotecário. Além disso, é importante que você tenha todos os documentos necessários para iniciar o procedimento!

Junte a documentação necessária

Seus documentos devem estar em ordem para que sua financiar apartamento, seja aprovada. Por isso, o seu rendimento mensal familiar deve ser comprovado por estes documentos, pois esta é a garantia de que o poderá fazer para pagar as prestações da hipoteca.

Trabalhar sob um contrato formal pode comprovar sua renda por meio de seu contracheque. Por esse motivo, é importante que você tenha cópias atualizadas deste documento. Também tem:

CPF;
RG;
Certidão de Nascimento;
Certidão de Casamento (se aplicável);
Comprovante de endereço (atualizado);
Cartão de Trabalho;
Declaração de imposto de renda (se aplicável).
No entanto, se você for autônomo ou uma pessoa jurídica (por exemplo, por meio do MEI), poderá monitorar sua renda fornecendo um extrato bancário dos últimos meses. Portanto, compile todos os documentos necessários:

CPF;
RG;
Certificado conjunto de dispensa de impostos federais;
Certidão de Nascimento;
Caso de Certidão de Casamento).
Estes são os documentos básicos que você precisa ter em mãos para solicitar um empréstimo à habitação.

Porém, se pretende utilizar o FGTS para o pagamento de parte do empréstimo, deverá estar presente:

Extrato do FGTS, Notarizado ou carimbado, emitido pela Caixa;
Comprovante de residência atualizado;
Cartão de trabalho;
Declaração de imposto de renda (se aplicável);
Comprovante de declaração de imposto de renda do cônjuge, se aplicável (em caso de união estável ou casamento).
Se você decidir usar o FGTS para financiar uma casa própria, lembre-se: não é possível ter um imóvel cadastrado no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) em seu. Nome de registro.

Depois de fazer tudo abaixo, é hora de tornar seu sonho de ter uma casa uma realidade!

Realize o sonho da casa própria

Agora que você sabe como financiar apartamento, entender melhor sua receita e reduzir despesas desnecessárias, é importante entender os procedimentos para a contratação de um empréstimo nos principais bancos do país!

Para decidir qual banco solicitar o empréstimo de financiamento imobiliário, compare as taxas de juros e veja qual delas funciona melhor com sua realidade financeira. Outro fator a considerar ao comprar uma casa é no máximo 30% da renda familiar. Se você quer saber qual será esse valor, simule seu financiamento online e entre em contato conosco!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here